Sábado, 27 de Novembro de 2021
20°

Alguma nebulosidade

Curitiba - PR

Galeria de fotos 1 foto

"Na parede do tempo" é um ensaio fotográfico das telas do artista plástico Joel DuMara.

04/06/2021 às 11h37
Por: Mhario Lincoln
Compartilhe:
Ensaio fotográfico "Na parede do tempo"

Indicação: acadêmico Paulo Rodrigues, vice-presidente regional da Academia Poética Brasileira, seccional MA.

Texto de Marioneide Lima, Assessora artística.

"Na parede do tempo" é um ensaio fotográfico das telas do artista plástico Joel DuMara, um dos maiores percursores das Artes Plásticas no Estado do Maranhão. DuMara já expôs em grandes Salões de Arte do Brasil e participou de exposições na Europa. O registro do ensaio está sob a responsabilidade do talentoso Adriano Almeida, fotógrafo cearense, que há 10 anos reside em São Luís, e  captando a beleza do Estado do Maranhão e expondo para o mundo, e que, a partir do seu olhar singular e atento aos detalhes propostos, compreendeu e abraçou a ideia com maestria, fazendo do ensaio um balaio da
história e da cultura maranhense. Mais que um ensaio fotográfico, na "Na Parede do Tempo" é um diálogo poético entre Artes Plásticas e os casarões, becos, escadarias e azulejos do Centro Histórico de São Luís. É uma extensão do pensamento de DuMara, que carrega nas suas telas temas como
existência humana, suas mazelas e poder de resiliência, esse sentimento que nos faz caminhar com alegria típica do povo maranhense, aqui retratado através da dança, música, poesia e arquitetura, que, por sua vez, captada pela lente artística de Adriano Almeida, conota um deleite para os espectadores, imprimindo arte através da arte.

Ensaios, Joel DuMara

Assim, esse ensaio é sobre a arte no tempo e no espaço, sobre a busca pelas respostas e anseios da humanidade, pois a arte é a transfiguração da realidade humana recriada através do espírito do artista. A filosofia especula, a ciência observa, e o artista imagina e fantasia na busca da compreensão do mundo.
A ideia do ensaio fotográfico partiu primeiramente da necessidade do artista em continuar se expressando por meio de sua arte durante período de pandemia corrente, onde o acesso às artes nunca foi tão literalmente audiovisual. Esse projeto também se deu pelo chamado dos olhares ao Centro Histórico de São Luís, para que haja um real "Reviver" por meio de obras de revitalização e maior usufruto desses espaços. Assim, os artistas preenchem as ruas levando essa bela perspectiva ao acesso de todos.
O ensaio fotográfico foi realizado em alguns dos pontos principais do Centro Histórico de São Luís: na escadaria Beco Catarina Mina, na Rua Portugal e na Rua do Giz, considerada a sexta rua mais bonita do Brasil.

Ensaios, Joel DuMara

O ARTISTA

Biografia

Natural de Santa Inês, no Estado do Maranhão, Brasil, com formação acadêmica em Economia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, a paixão ardente de Joel DuMara pelas artes visuais o levou a iniciar uma jornada de auto aprendizagem desde uma idade muito precoce. Inspirado nos movimentos expressionistas, surrealistas e fauvinistas da Arte Moderna, que podem ser percebidos por meio de suas linhas marcantes, efeitos visuais de transparência e movimentos aquáticos em suas pinturas, DuMara passou a divulgar profissionalmente suas obras em 2015, com a exposição “O maranhão que grita. Desde então, passou a participar de diversos eventos artísticos e foi selecionado para expor seus trabalhos em três Salões de Arte: o primeiro foi no Salão de Arte da Marinha do Brasil, no Estado de São Paulo. O segundo foi no Salão de Artes Visuais de São Luís e o terceiro e último aconteceu no VII Salão Internacional de Arte de São Paulo, embora DuMara também tenha participado de vários outros eventos relacionados a arte. Com grande sensibilidade poética e visual, sua fonte de inspirações está ligada a poesia, literatura, cinema e música.

Ensaios, Joel DuMara

2015–“Exposição Individual “O Maranhão que Grita ”SãoLuísMA;

-Salão de Arte da Marinha do Brasil em SãoPaulo-SP;

-“Exposição Individual “OTraço Disciforme de JoelDuMara ”SãoLuísMA;

2016–VI Salão de Artes Visual de SãoLuís-MA;

-Exposição Arte no Fórum, Curadoria de Roko Brasil, SãoPaulo-SP;

-Ilustração de Capa do Livro Rememorando a Historiado Ensino da Arte no Brasil, de Ângelo Roberto Silva Barros;

2017-Exposição Coletiva WELIVEART, pela Vivemos Arte de curadoria de Lizandra Miguel, Rio de Janeiro–RJ;

DuMara.

-Exposição individua l “Dentro da Imaginação do Artista” São Luís-Ma;

-Participação no Livro Arte Brasileira na Contemporaneidade de Carmem Pousada;

2018–“Exposição Coletiva Arte e Literatura” Curadoria de Roko Brasil em São Paulo-SP

-Exposição coletiva na CNAP em Lisboa–Portugal pela Vivemos Arte;

-“Exposição Individual “Sol da Infância” São Luís MA;

2019-Ilustração de capa do Livro “Fazenda Bacazinho” de Nonato Reis;

-Ilustração de capa do Livro “Pequeno Ensaio Amoroso“ de Luiza Cantanhêde;

-Ilustração de capa do livro "Uma Interpretação para São Gregório" de -Paulo Rodrigues. 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias