Quinta, 15 de Abril de 2021 02:42
[email protected]
Blogs e Colunas MULHER BABAÇU

MULHER BABAÇU mostra duas versões teatrais que encenam a dor da Paixão de Cristo

As peças foram muito comentadas em 2019.

04/04/2021 18h42 Atualizada há 4 dias
871
Por: Mhario Lincoln Fonte: Mulher Babaçu
capa
capa

Um pouco da história:

Texto baseado na leitura do livro de  ÊXODO 12: 1-14  e  LUCAS 22:7-23:

A origem da páscoa foi uma festa para os libertados pela obediência direta a DEUS. É celebrada a primeira vez em Êxodo 12:1-14. No mês chamado abibe (março/abril). Para os Israelitas, àquela época,  páscoa significava  libertação. Observe como é interessante a forma de DEUS se manifestar na vida daquele povo. No dia dez do mês (o primeiro mês) cada casa escolhe um cordeiro, mas se a família for pequena una-se ao vizinho... Isto é partilha.

O cordeiro tem que ser macho, sem mácula... Isto é perfeição.

No 14º dia mate o cordeiro na parte da tarde... Isto é atitude.

Pegar o sangue e passar nas ombreiras das portas, onde o comeram. E não saia de casa até pela manhã... Isto é obediência.  “E Eu passarei pela terra do Egito esta noite e ferirei todo primogênito na terra do Egito. Este sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; vendo Eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga de morte.”

Coma assado no fogo, com pães asmos e ervas amargosas a comerão. Nada cru, nem cozido... Isto é preparo.

Lombos cingidos e arrumados. Sapatos nos pés e cajado na mão... Isto é prontidão.

Tempo para a refeição, rapidamente... Isto é habilidade.

O acontecimento -  todos os primogênitos morreram, exceto os que obedeceram ao Senhor.

O Sangue do Cordeiro.

SIGNIFICADO DA  PRIMEIRA PÁSCOA: passar por cima sem ferir.

Observem que na primeira ceia houve um preparo. Leia no livro de  Lucas 22: 9,13  a palavra-chave também é; "preparemos". Ali, os discípulos seriam preparados para a paixão. E Ele, Jesus, preparado para morrer. 

Numa quinta-feira como essa, há 2021 anos, JESUS se preparava para morrer. E mesmo assim, Ele cantou um hino, baseado no salmo 115 e 118 (Mt 26:30). A partir daí, a Ceia do Senhor substituiria o banquete da páscoa. Foi estabelecida uma nova e eterna aliança. Simbolicamente Ele transformou os elementos da ceia para o ato da crucificação. O pão representava seu corpo. O vinho seu sangue.

Nada desperta mais o ser humano do que a vontade de se alimentar. Nada cria maior intimidade e relacionamento do que comer juntos. Jesus quando queria se aproximar de alguém, Ele se convidava a comer. Como fez com Zaqueu.

Na semana que antecedeu a sua morte, três tipos de pessoas marcaram a sua vida:

1. A MULTIDÃO - Um povo carente da graça de Deus, mas não se apropriou dela. Aclamava-o como Rei, logo em seguida o crucificaram. Multidão não tem compromisso;

2. JUDAS - Andou três a

nos com Jesus, mas não aprendeu a amar e perdoar. Não perdoou nem a si próprio, pois se enforcou. Jesus o perdoou, mas ele não;

3. PEDRO - Também andou três anos com Jesus e também o traiu, com uma diferença, se arrependeu e chorou.

Infelizmente, não somos melhores do que eles. Pois, todos os dias o crucificamos novamente. Desprezamos o sacrifício da CRUZ. Cruz é restauração de relacionamento quebrado. O homem e Deus foram reintegrados pela cruz de Jesus Cristo. Não invalide o sangue do cordeiro na sua vida. Valorize esse sacrifício. Pois só Ele deu a sua vida em favor de todos. A morte de Cristo não foi só pelos "evangélicos", mas por todo pecador que se arrepende e crer no sacrifício da cruz. JESUS não foi assassinado. Ele se deixou matar, por você e por mim e por todos àqueles que crêm na ressurreição. FELIZ PÁSCOA! 

 

A Mulher Babaçu mostra agora as duas versões de peças com temas sobre a Paixão de Cristo.

O ESPETÁCULO "Paixão, Segundo Nós", NA SUA ÚLTIMA VERSÃO, EM 2019.

O espetáculo “Paixão, Segundo Nós”, da Coteatro, foi montado há 30 anos na Igreja do Desterro e neste 2021 completa 32 anos.

Em 2019 a Cia de Teatro liderada por Tácito Borralho apresentou uma quarta versão da montagem, abordando a tentação de Cristo no deserto, através da sedução de Satanás em duas formas e matérias únicas, o macho e a fêmea, como relatam os Evangelhos Apócrifos.

Nessa versão muitas foram as interpretações poética das figuras expostas, revelando um caráter bem humano e frágil, como também a resistência do Cristo (representado por um ator negro), sendo sobrepujado pela vontade divina. Com roteiro adaptado por Tácito Borralho, dos textos de Gilbran Khalil Gilbran, do Evangelho Segundo São Matheus e Evangelhos Apócrifos, o espetáculo utilizou também de músicas do folclore maranhense, além de composições de Tácito Borralho, César Teixeira e Sérgio Habibe. No elenco grandes atores: David Lopes, Carlos Eduardo Marques, Domingos Tourinho, Magno Abreu, Bruno Oliveira, Jorge Milton, Rogério Vaz, Raimundo Reis, James Loureiro, Lúcia Gato, Lilian Cutrim, Rosana Fernandes, Ivoni Araújo, Tatiana Sampaio, Elaine Melônio e Luana Lopes. Roberto Fróes assina a trilha sonora do espetáculo e Abel Lopes e Murilo Santos a iluminação.

Ponto Forte: O texto ponteia a terrível angústia de Pilatos e seu desespero à dúvida da sentença proferida contra Jesus. (Foto: Domingos Tourinho no papel de Pilatos).

Veja agora o vídeo que foi feito por meu repórter Uimar Junior, à pedido de Mhario Lincoln, nosso editor, para a temporada 2019, da peça:

">

Anjo da Guarda.

VIA SACRA DO ANJO DA GUARDA, também no ano de 2019.

Nossa grande homenagem ao querido e saudoso Gigi Moreira um dos fundadores do Grupo Grita e um dos primeiros a dirigir o espetáculo. Estará sempre vivo em nossas memórias. Primeiro dia de apresentação da Via Sacra atraiu milhares de pessoas para as ruas do Anjo da Guarda, em São Luís. O espetáculo é encenado pelos moradores do bairro há 40 anos (neste 2021) e conta a história dos últimos dias de Jesus Cristo até a sua ressurreição no domingo de Páscoa.

Performance Uimar jr.

Na edição de 2019, o tema foi “Guia-me pelas veredas da Igualdade e da Justiça”. O elenco contou com mais de duas mil pessoas, entre atores e figurantes. As cenas são apresentadas em quatro grandes palcos montados nas principais praças do bairro e no teatro Itapicuraiba, no Anjo da Guarda, em São Luís-MA. O meu repórter Uimar Junior foi como convidado especial, naquele ano, por Áureo Juruciê, um dos diretores de Arte, para participação em um dos temas do Grupo Grita da Via Sacra. Levava no ombro direito um urubu. Chamava atenção da sujeira do bairro. Onde a feira de alimentos se misturava com os urubus. O protesto foi muito forte e chamou a atenção das autoridades também pela retirada da estátua (foto performática de Uimar) do Anjo da Praça. E deu resultado. Não demorou muito e a estátua foi recolocada em seu lugar, no bairro do anjo da Guarda, em S.Luís do Maranhão.

8 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
MULHER BABAÇU
Sobre MULHER BABAÇU
Coluna de curiosidades e cobranças públicas, assinada pelo performance Uimar Jr., sobre a vida maranhense.
Curitiba - PR
Atualizado às 02h35 - Fonte: Climatempo
15°
Muitas nuvens

Mín. 12° Máx. 21°

15° Sensação
6 km/h Vento
94% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (16/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Sábado (17/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 23°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias