Quinta, 19 de Maio de 2022

Poucas nuvens

Curitiba - PR

Brasil EXCLUSIVO

Joema Carvalho entrevista Danielly Martins, a nova Miss Maranhão 2022,

Danielly Martins nasceu no município de Paço do Lumiar, na grande São Luís (MA).

28/04/2022 às 12h00 Atualizada em 29/04/2022 às 09h39
Por: Mhario Lincoln Fonte: Joema Carvalho
Compartilhe:
Danielly e Joema Carvalho
Danielly e Joema Carvalho

“A Beleza Salvará o Mundo”

Por Joema Carvalho* 

Fotos dentro do texto, enviadas por Danielly Martins.

A Beleza salvara o mundo, profetizou Fiódor Dostoievski. A beleza é a própria salvação do mundo. Aquilo que encanta: uma flor, um inseto colorido, o voo de uma ave. Aquilo que nos tira do aprisionamento da rotina do dia a dia. Os detalhes da vegetação da várzea e dos campos úmidos de altitudes. As flores da adversidade, têm um algo a mais disponível para poucos. Aquilo que nos faz ver que o prazer não está na obrigação de atender a um padrão de sucesso, beleza, status, realização ou padrão social. Aquilo que é belo e dá prazer irá nos salvar daquilo que nos diminui, que nos reduz a objetos. Esta realidade que estamos acostumados nos faz cada vez mais individualistas, inclusive para autoproteção. Chegamos a um ponto onde não sabemos mais o que é do bem ou do mau. Até onde podemos ir para a nossa disponibilidade não ser confundida com a mais uma pessoa a ser usada.

Gisele Bünchen faz parte do conselho de diretores da Rainforest Alliance, ONG sem fins lucrativos internacional dedicada à conservação de florestas tropicais. A causa está ligada ao trabalho dela como Embaixadora do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP), que ela assumiu em 2009. “Quero fazer algo agora antes que seja tarde demais”, disse Gisele, em defesa da Amazônia. Em seu Instagram fez a postagem: “A floresta Amazônica tem um papel fundamental no equilíbrio do clima na Terra e, portanto, na vida de cada um de nós. Nos últimos anos a proteção diminuiu e o desmatamento aumentou drasticamente. E o que já era ruim, poderá ficar ainda pior”.

Conforme a matéria publicada na Folha de São Paulo de 18 de abril de 2020, a modelo anunciou a criação do fundo Luz Alliance, em parceria com a BrazilFoundation, organização que apoia iniciativas que visem combater a desigualdade social. O projeto teve por objetivo, apoiar causas emergenciais no Brasil durante a pandemia do coronavírus.

Algumas pessoas são nutrientes em pleno metabolismo. Do solo, através dos produtores, percorrem por toda a cadeia trófica, passam pelos consumidores e retornam ao princípio de vários ciclos através dos decompositores e novamente, do solo, aos produtores. São incansáveis. Acreditam na mudança por que passaram pela metamorfose. Sabem que ela é possível.

Danielly em São Luís.

A modelo Danielly Martins, 23 anos, nascida no pequeno município de Paço do Luminar, na grande São Luís (MA), foi eleita Miss Maranhão CNB 2022. Ela esteve em Curitiba para um evento de moda.Tive o prazer de estar com ela no aniversário da amiga e artista plástica Graciela Scandurra. Da favela para os holofotes do sucesso. Ao contrário, do que era esperado, não visitou os principais pontos turísticos de Curitiba, que são belíssimos. Seguiu o foco de sua proposta de vida. Conheceu a penitenciária de mulheres, a casa provisória de passagem indígena, participou de uma roda de conversa com os movimentos sociais locais, entre outras atividades que não costumam estar elencadas como opções de turismo na capital paranaense. Como ela coloca, o seu momento de destaque é para sua formação, conhecimento das diferentes realidades do Brasil e principalmente, para se tornar um instrumento de mudanças positivas para sociedade.

1.          Danielly qual a sensação da metamorfose. Você vem de uma família que reside em favela e, de repente, torna-se Miss Maranhão e ganha grande visibilidade? 

Acredito que uma Miss Maranhão, ou de qualquer Estado, não nasce ou é escolhida no dia do evento. Ela nasce bem antes, em cada preparação, em cada desafio e em cada dificuldade que ela passa, essas situações nos fortalecem e nos sensibilizam para auxiliar o próximo da forma correta. Eu sinto que o meu reinado se tornou muito maior do que eu mesma, o fato de eu pensar mais no benefício dos meus irmãos da favela, de onde eu venho, do que no meu próprio, me fortaleceu e me deu um propósito verdadeiro. 

2.          Você tinha por objetivo de vida ser modelo?

Não, não. Eu venho da periferia e meu maior objetivo sempre foi dar uma condição melhor para os meus familiares, uma condição de vida melhor para os meus pais e irmãos. Por conta disso, estudo Engenharia Química na UFMA. Ser modelo é muito caro para quem vem de onde venho, mas estou amando a oportunidade que estou tendo de ser representante da beleza do Maranhão

3.          Você está utilizando o seu destaque para auxiliar pessoas. Qual o seu propósito com esta postura?

Eu já estive no lugar deles!

Eu sei como é a dor da fome, sei como é a dor de ser desacreditado e invisibilizado, e por ter essa consciência, meu maior objetivo é que meus irmãos e minhas irmãs não passem por isso como eu passei. Quero que as mulheres da periferia fiquem não somente esperando, mas que tenham meios de empreender e saírem da condição de vulnerabilidade que se encontram

Danielly é modelo.

4.- Deixe sua mensagem para nós.

Existe uma frase que eu sempre digo que é a seguinte: "Existe muito talento na periferia, mas pouco investimento!" Nós da periferia na maioria das vezes só precisamos de uma chance para mostrar de onde viemos e do que somos capazes, peço a todos que nos deem essa chance e não desacreditam de nós por nossas origens, mas que acreditem nos nossos potenciais e vejam que todos juntos podem e faremos um mundo melhor e mais justo. “Ser é oferta-se ao que não se sabe”. Ouvi esta frase um dia e gostei muito. Está alinhada à oração de São Francisco de Assis “Senhor, fazei de mim um instrumento da vossa paz”. A percepção e consciência do nosso entorno, o respeito ao próximo é um “glamour”. O conceito disto é etiqueta e nunca sairá de moda. Faz-se cada vez mais necessário. Sigamos o exemplo da Danielly e da Giselle que estendem o tapete vermelho delas para algo maior.

*******

Em tempo: agradecimento a Raissa Melo, jornalista que assessorou a Danielly em Curitiba.

         *******

*Joema Carvalho é escritora, engenheira florestal e articulista do Facetubes 

Referências

https://glamurama.uol.com.br/notas/gisele-bundchen-nas-cabecas-de-ong-dedicada-ao-meio-ambiente/

(https://www.anpm.org.br/gisele-bunchen-sai-em-defesa-da-amazonia-quero-fazer-algo-agora-antes-que-seja-tarde-demais/?gclid=CjwKCAjwu_mSBhAYEiwA5BBmf8LPEmSi0qW9v84Sd-Eeyd14n-tntBSWSN2mAOfq1-A_P9azm4xDQxoC5FEQAvD_BwE).

https://f5.folha.uol.com.br/celebridades/2020/04/gisele-bundchen-cria-fundo-de-apoio-a-causas-emergencias-no-brasil-durante-pandemia.shtml

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias