Terça, 25 de Junho de 2024 09:33
editor-sênior, jornalista Mhario Lincoln
Brasil Sala Augusto Cassas

Começando o processo de renovação e modernização, a APB divulga a Sala "Luis Augusto Cassas"

Os membros são de diversos municípios brasileiros, numa prova inconteste de que a APB tem incentivado a unificação da cultural da Nação.

19/04/2024 12h13 Atualizada há 2 meses
Por: Mhario Lincoln Fonte: Orquídea Santos
Orquídea Santos/ASCOM/APB
Orquídea Santos/ASCOM/APB

Orquídea Santos é Chefe da ASCOM, da Academia Poética Brasileira


A Academia Poética Brasileira completa oito anos de atividades virtuais com credibilidade "Academia Poética Brasileira tem papel vital na promoção da literatura", Olinto Simões, 'in memoriam'.

"(...) a APB, com sua abordagem inovadora e inclusiva, está definindo novos padrões para o que uma academia literária pode e deve ser(...)". Geraldo Magela, eterno Coordenador da 'Feira do Poeta', Largo da Ordem, Curitiba-PR, 'in memoriam'.

 

Sobre Luis Augusto Cassas, assim escreveu Josué Montello:

 

Esta apreciação é composta por excertos do original, publicado como texto de prefácio do livro República dos becos (1981).

 

UM POETA NOVO E SEUS POEMAS

Josué Montello

É preciso guardar o nome deste poeta: Luís Augusto Cassas. E igualmente os poemas de seu livro de estreia: República dos becos. Porque não se trata, no caso presente, de um simples poeta, já aplaudido no Largo do Carmo, em São Luís do Maranhão. Nem de um livro a mais, como tantos outros que tenho tido a oportunidade de ler, com a presença lírica das imagens e dos motivos de minha terra natal.
Não é apenas isso. Luís Augusto Cassas é um excelente poeta. E mais: com uma personalidade nítida, bem mar- cada desde o momento em que se iniciou nas letras. Por outro lado, este seu livro já reflete com nitidez o poeta que encontrou o seu caminho.
O verso é consubstancial à sua pessoa. Não como um excesso de vida que buscasse a sua eliminação pela palavra poética. Mas como uma expressão natural e compulsiva de seu ser.
É ele poeta por imposição da natureza. E com uma dupla vertente: a que decorre de seus sentimentos líricos, como transformação da vida em sua sensibilidade, e a que dimana de sua reação lúcida diante das injustiças sociais, a que não pode ser indiferente, nesta hora agônica do mundo contemporâneo.
André Gide era de parecer que o poeta autêntico tem como dever precipuo acreditar no próprio gênio, depois, como artista, terá de duvidar desse gênio. É essa dúvida que tira da poesia o caráter ocasional de uma explosão da sensibilidade para ser também uma obra de arte que se constrói com palavras.

Luís Augusto Cassas, conforme se verá pela leitura de seu livro inaugural, começou bem: acreditando no seu valor. Ele sabe que é poeta. E ninguém precisa dizer-lhe que o é. A experiência do verso deu-lhe essa convicção. Porque todas as vezes que o homem se debruça sobre a folha de papel em branco, trazido pela palavra que deseja vir a lume do papel, e consegue realizar-se nas palavras que lhe afluem à ponta da pena, esse homem tem no verbo o seu aliado e o seu confidente. E já começou a percorrer o caminho da poesia. Da poesia como revelação e expansão do ser sensível".
(...)
"Sinto que este novo poeta maranhense tem a sua forma e a sua inspiração. Ambas lhe asseguram uma presença inconfundível, que eu tenho, aqui, o privilégio de saudar na hora em que Luís Augusto Cassas começa a dizer-nos ao que veio com os admiráveis poemas deste livro (Josué Montello)".

****

Os Imortais e suas respectivas Cadeiras.

 


Em uma era onde a digitalização está em ascensão, as Academias Literárias Virtuais têm desempenhado um papel crucial na democratização da literatura. A Academia Poética Brasileira, presidida pelo jornalista e poeta Mhario Lincoln, é um exemplo notável disso. Esta instituição, que tem apoio integral da Plataforma do Facetubes, é fundamental para muitos artistas, poetas e músicos que, com seus talentos e dons especiais, encontram espaço nacional e internacional para mostrar suas obras.


Veja abaixo, os membros integrantes da sala "Poeta Luis Augusto Cassas".

 

 

6 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
JAIME Há 2 meses Brasília/DFPresidente Mário Lincoln, parabéns, o senhor sempre nos brindando com esses eventos primorosos e de valores incomensuráveis. Aplausos de pé!!!
JORGE CRUZ DE OLIVEIRA JUNIORHá 3 meses Curitiba-PRSempre inovando e e se atualizando. Mhario Lincoln você está sempre ligado no 220. Parabéns.
Maria Nauza Luza Martins Há 3 meses Brasília/DF Honrada em fazer parte da Sala Poeta Augusto Cassas, justa homenagem ao consagrado poeta maranhense. Me sinto uma pessoa feliz e iluminada por viver no mesmo mundo de Mhario Lincoln. Luz e paz. Salve salve!
Dr. Carlos Heitor Garrido, maranhense de há muito em Belo HorizonteHá 3 meses BH.MGPelo visto é a primeira grande e merecida homenagem ao poeta Luis Augusto Cassas (ainda em vida, como deveria ser). A homenagem dessa gloriosa Academia Poética Brasileira sai mais uma vez na frente, reconhecendo o valor inestimável da poesia de Cassas para a mudança de rumo do acontecer poético, no estado do Maranhão, especialmente na Ilha de São Luís. Cassas foi a linha tênue que modernizou e ampliou a poesia maranhense para além de seus limites geográficos.
Esmeralda CostaHá 3 meses Campos Sales-CE Viva a nossa Academia Poética Brasileira, viva Mhario Lincoln, presidente e mentor e viva todos os confrades e confreiras.
Mostrar mais comentários
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo - SP

São Paulo - São Paulo

Sobre o município
O que de bom acontece na cultura, na arte e na música de São Paulo/SP
Curitiba, PR
Atualizado às 08h02
11°
Chuvas esparsas

Mín. 11° Máx. 15°

11° Sensação
3 km/h Vento
97% Umidade do ar
100% (5.44mm) Chance de chuva
Amanhã (26/06)

Mín. 11° Máx. 22°

Chuvas esparsas
Amanhã (27/06)

Mín. 11° Máx. 21°

Parcialmente nublado
Ele1 - Criar site de notícias