Terça, 25 de Junho de 2024 10:13
editor-sênior, jornalista Mhario Lincoln
Cidades Convidados

A poética de Eloy Melonio em 4 poemas

"(...) E pensar que um dia eu já nadei/ nas águas de um rio sem poesia". EM.

17/04/2024 20h27 Atualizada há 2 meses
Por: Mhario Lincoln Fonte: Eloy Melonio
Prof. e poeta Eloy Melonio
Prof. e poeta Eloy Melonio

RESUMO BIOGRÁFICO

Eloy Melonio é professor, escritor, poeta e compositor. Natural de São Luís (MA), formou-se em Letras pela Faculdade Atenas Maranhense (FAMA) em 2007. Já publicou quatro livros, dois de cunho religioso e dois de poemas. É filiado da AMAR SOMBRÁS (Associação de Músicos, Arranjadores e Regentes), membro-fundador da AMEI (Associação Maranhense de Escritores Independentes), da APB (Academia Poética Brasileira) e da ATHEART (Academia Ateniense de Letras e Artes). Em 2021, recebeu o diploma de sócio correspondente da AILCA (Academia Icatuense de Letras, Ciências e Artes). Em 2018, idealizou e viabilizou a oficialização do “Dia Municipal da Poesia” (Lei 6.394, de 7-12-2018). Conquistou dois prêmios literários: terceiro lugar (poesia) no III FESTMACPU, da UEMA (2017), e teve três trabalhos selecionados no prêmio AMEI/2020 (poesia, conto e crônica) e um (crônica) em 2021. Finalista do Prêmio Poeta Carvalho Júnior (6-11-2023). Recebeu em 23 de dezembro de 2021 a Medalha do Mérito Legislativo, a mais alta honraria da Câmara Municipal de São Luís. Seu mais recente livro de poemas, intitulado TRAVESSIA, foi lançado em setembro de 2021. Atualmente coordena o projeto Laços Poéticos, iniciado em 4-12-2020, que reúne, em encontros esporádicos, pessoas das mais diversas expressões artísticas.

 

A poética de Eloy Melonio, em 4 poesias.

 

PERCEPÇÕES

 

não se pode deixar de ver

que a vida

nem sempre é luz, nem sempre é treva

 

nem de perceber que seu incessante fluir

se realiza em cada instante do existir

 

e se entrelaça no nosso jeito de ser e viver

 

engana-se quem imagina

que a vida

é palco sem arte, arte sem artista

 

não, não e não!

 

a vida é muito de quase tudo

e pouco de quase nada

 

e também é

o que às vezes pensamos

que ela não é

 

ou versa-vice

 

 

 

 

LUZES E LAÇOS

 

Os raios do Sol

laçam os primeiros riscos do dia,

que agora é luz, é poesia.

 

O clarão rasgou o véu da noite,

que já foi silêncio, já foi açoite.

 

E, num laço de sedução,

gatos pardos libertos da escuridão.

 

Magna manhã emoldura esse instante

para que os olhos não se ofusquem

com os laços do horizonte.

 

A arte tece uma chama vívida,

revelando que

o dia é dádiva; a noite, dívida.

 

Em êxtase,

adormeço na cama desse arroubo poético

e amanheço nos braços de uma diva.

 

 

 

 

 

 

DECEPÇÃO POÉTICA

 

Pintei minhas palavras da cor do Sol.

 

E como os girassóis,

não brilharam nem se banharam de ouro.

 

Joguei-as na passarela do céu.

 

Andorinhas avoadas, não se vestiram de azul,

nem falaram com as estrelas.

 

Ao outro lado do Atlântico,

foram e voltaram sem jogar flores ao mar.

 

Já não sei o que pensam,

o que querem, nem aonde pretendem chegar.

 

Sim, existem outras por aí.

Tantas e tantas, das mais delirantes cores.

 

As minhas...

Ah essas são as minhas dores!

 

 

 

 

 

 

RIO-POESIA

 

Se ainda rio é porque deságuo

nas águas quentes da alegria

E vou rindo rio abaixo

deslizando no curso da poesia

 

À beira do rio,

uma tarde para falar de amor

e uma canção antes de o Sol se pôr

 

Um só riso são pingos de alegria

na face da beleza

Rios rasos d’água são olhos

Poeta Eloy Melonio, (MA).

úmidos de tristeza

 

Num só fôlego, dois sonhos no peito:

ser um rio-mar pra ver o céu bem de pertinho;

e encher de risos os rios do mundo inteirinho

 

E pensar que um dia eu já nadei

nas águas de um rio sem poesia

16 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Ricardo Freire Há 2 meses São Luís Parabéns amigo, um belo tralho!
Francisco Elizio Há 2 meses São Luís - Maranhão É que tem muito orgulho ser dono de uma biografia como essa... Um vizinho atuante que independente da jornada, está sempre disposto a interceder em prol do bem comum!!! Forte abraço P.S; Identifico-me bastante com os poemas (PERCEPÇÕES E RIO-POESIA.
José CosmoHá 2 meses São LuisEloy , meu compadre, homem humilde,inteligente, perspicaz, educado e que,sonha com o possível e o imaginário, trazendo inspiração para seus projetos poéticos de alto valor.Personagem grata que diuturnamente entra no mundo da poesia, da pesquisa,focando o que escrever nos autos da sua imaginação.Tenho orgulho deste modesto maranhense como escritor, poeta e compositor . Continue firme e sonhador dos seus pensamentos e propósitos.
Joniery Rubim de SouzaHá 2 meses BarreirinhasA poesia de Eloy Melonio nos convida a uma reflexão profunda sobre a existência, capturando a essência da vida em suas múltiplas facetas. Cada um de seus poemas é uma entidade própria, mas juntos, formam um retrato comovente da jornada humana, destacando a habilidade do poeta em evocar emoção e provocar pensamento através de sua habilidosa manipulação da palavra. Com admiração e respeito, Joniery Rubim
Thaylow Ramalho Há 2 meses São LuísEloy Melonio, é uma pessoa extraordinária tem o dom da escrita. É um grande poeta... Muito ativo. Parabéns pelas poesias.
Mostrar mais comentários
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Luís & outras cidades - MA

São Luís & outras cidades - Maranhão

Sobre o município
Notícias variadas sobre a cultura, educação e arte das cidades do Maranhão.
Curitiba, PR
Atualizado às 08h02
11°
Chuvas esparsas

Mín. 11° Máx. 15°

11° Sensação
3 km/h Vento
97% Umidade do ar
100% (5.44mm) Chance de chuva
Amanhã (26/06)

Mín. 11° Máx. 22°

Chuvas esparsas
Amanhã (27/06)

Mín. 11° Máx. 21°

Parcialmente nublado
Ele1 - Criar site de notícias