Terça, 25 de Junho de 2024 09:31
editor-sênior, jornalista Mhario Lincoln
Blogs e Colunas Colunistas APB

Coluna da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares - AMCLAM

Convênio cultural entre a Academia Poética Brasileira e a Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares.

14/05/2024 12h39
Por: Mhario Lincoln Fonte: AMCLAM
Cel. Furtado, presidente da AMCLAM
Cel. Furtado, presidente da AMCLAM

 


EDITORIAL

A ESSÊNCIA DE SER POLICIAL MILITAR


Ser um policial militar é abraçar uma profissão que vai muito além do simples cumprimento de deveres. É mergulhar em um universo complexo e desafiador, marcado por uma mistura única de dever, coragem, honra e responsabilidade. 
A segurança pública neste país é moldada por uma série de fatores intrínsecos a uma realidade atípica, que influencia tanto na maneira como somos percebidos pela sociedade quanto pela forma como desempenhamos nossas funções.
Ser um policial militar é ter a compreensão do senso do dever e do compromisso com a proteção da sociedade, objetivando a manutenção da ordem pública. Somos guardiões da paz social, responsáveis por enfrentar os desafios diários surgidos nos logradouros das cidades brasileiras.
Ao policial militar é exigido uma dose extra de coragem e resiliência, pois enfrentamos situações de alto risco cotidianamente, lidando com o crime, com a violência e com a adversidade em todas as suas formas. Portanto é preciso ter coragem para enfrentar o desconhecido e a resiliência para superar os desafios, características essenciais para quem escolhe essa profissão.
A honra e a ética são pilares fundamentais da essência em ser um policial militar, pois, como profissionais, somos impelidos a agir com integridade e retidão em todas as situações, mantendo sempre a confiança e o respeito daqueles a quem servimos — a sociedade — e, perante ela, a conduta ética e a postura exemplar são essenciais para construir e preservar a credibilidade da instituição policial.
O policial militar assume uma grande responsabilidade perante a comunidade. Somos encarregados de proteger e servir à população, garantindo a segurança e o bem-estar de todos, independentemente de origens, raças ou condições sociais. A humanidade e a empatia são qualidades essenciais para exercermos essa responsabilidade de forma efetiva, eficaz e eficiente.
São muitos os desafios e dificuldades que enfrentamos diariamente, desde a escassez de recursos, a falta de reconhecimento e de valorização, portanto nos confrontamos com uma série de obstáculos que nos exigem determinação e capacidade de superação.
Portanto ser um policial militar no Brasil é mais do que uma profissão: é uma vocação, um sacerdócio, um chamado para servir e proteger a comunidade com dedicação, coragem e compromisso. A nossa essência está enraizada em valores como o dever, a honra, a responsabilidade e a humanidade, que nos impulsionam a enfrentar os desafios e a superar as adversidades que encontramos em nossos caminhos. Apesar das dificuldades e dos perigos, permanecemos firmes em nossa missão de fazer deste país um lugar mais seguro e justo para todos.

 

CARLOS FURTADO
É Coronel Veterano da Polícia Militar do Maranhão que durante 35 anos, serviu na instituição, passando por todas as áreas e atividades: fim (operacional) comandando Companhias e Batalhões) e meio (Diretoria de Finanças, Pessoal e Ensino). Comandou a Academia de Polícia Militar Gonçalves Dias (formação de Comandantes).
É autor da canção do Centro de Formação de Praças (CFAP).
Frequentou todos os cursos regulares institucionais: Formação de Oficiais (CFO), Aperfeiçoamento (CAO) e Superior de Polícia (CSP) e sendo ainda aluno da Escola Superior de Guerra (ESG) e representou o país na ONU, como membro da Missão das Nações Unidas em Guatemala (MINUGUA), sendo o único maranhense.
Bacharel em Direito e Licenciado em História, com duas Especializações na área de Defesa Social, estando participando do Mestrado em Solução de Conflitos.
É presidente da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares (AMCLAM).

 

Fabiane Moreira, Coronel Carlos Furtado Moreira e o jornalista Mhario Lincoln, no "Madalosso", Curitiba-PR.

O TROFÉU EM FESTA CURITIBANA

Em reunião festiva no Restaurante Madalosso, à convite do presidente da Academia Poética Brasileira, jornalista e poeta Mhario Lincoln, recebi das mãos desse ilustre confrade o troféu "Coruja da Sabedoria". Hoje ele está no meio de duas manifestações poéticas. (Leia abaixo).

 

Concurso.

PRESIDENTE DA AMCLAM PARTICIPA DE COMISSÃO DE JURADOS EM CONCURSOS
O Coronel Carlos Furtado, presidente da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares (AMCLAM), participou como membro das Comissões Julgadoras do 1º Concurso de Poesia Pedro Fernandes da Academia de Letras, Artes e Ciências de Arari/MA e do II Concurso de Poesia e Conto da Diocese de Zé Doca/MA.


O Coronel Furtado traz consigo uma vasta experiência no campo das letras e das artes, enriquecendo imensamente o processo de avaliação e seleção das obras participantes. Sua contribuição como presidente da AMCLAM tem sido fundamental para promover a valorização e o reconhecimento dos talentos artísticos e literários em todo o estado do Maranhão.


A presença do Coronel Furtado nas Comissões Julgadoras representa um importante marco na busca pela excelência e pelo estímulo à produção cultural em nossa região. Agradecemos sinceramente sua dedicação e comprometimento em fazer parte desses eventos que celebram a criatividade e a expressão artística.


As informações sobre os concursos e seus resultados, se encontram nas páginas e redes sociais das instituições.

 

O TROFÉU RECEBIDO EM CURITIBA EM LOCAL DE DESTAQUE, EM SÃO LUÍS - MA.

A "Coruja da Sabodoria" entre um poema sem rima e metrificação dedicado à minha musa, para o projeto Parede dos Imortais da LITHERAT em 24/09/2021 em Petrópolis/RJ; e outro dedicado à minha mãe, uma trova escrita em 27/04/2023 para o "Dia das Mães", sob a égide da Academia Maranhense de Trovas (AMT).

 

7 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
JaimeHá 1 mês BSB/DFUnião é força, para trazer a baila, publicações de alto valor cultural.
Maria José Lima /Escritora e Acadêmica da AMCLAMHá 1 mês São Luís-MAParceria que promete muitos bons frutos!!!!!!Parabéns nobre presidente da AMCLAM,Cel.Furtado e o nobre presidente da APB ,Mhario Lincoln!!!!!
Carmen Regina DiasHá 1 mês Cascavel A humanidade e a empatia são qualidades essenciais no exercício dessa responsabilidade de forma efetiva, eficaz e eficiente. A isso tudo, acrescente Poesia, sensibilidade, talento e amor pelo que se faz... Parabéns, Coronel Furtado, pela sua presença entre nós.
Maria Olinda SoaresHá 1 mês Arizona (EUA)Meu Deus, há mais de 30 anos não via o mario. Ele está bem diferente. Ele nem se lembra de mim. Nós juntos recebemos comenda da PMMA, em 1992. Fui colega dele na Faculdade de Direito e fizemos vestibular juntos para Comunicação. Ele passou, eu não. Daí fiquei só como advogada. Fizemos uma revista juntos O alvorecer, reunindo 30 poemas de maranhenses. Será que ele ainda tem? Parabéns, gente. Saudades de São Luís.
Maria de Loudes Cintra, advogadaHá 1 mês Salvador BahiaDifícil se ver ainda nas barreiras da PM, pessoas tão gabaritadas e honradas como o senhor Cel Furtado. A gloriosa PM do Maranhão deve se orgulhar de seus trabalhos e deveria lhe conceder a maior dedalha de mérito por isso.
Mostrar mais comentários
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
COLUNA DA AMCLAM - Academia Maranhense de Ciencia, Letras e Artes Militares
Sobre COLUNA DA AMCLAM - Academia Maranhense de Ciencia, Letras e Artes Militares
Editoriais do Cel Carlos Furtado, presidente da AMCLAM.
Curitiba, PR
Atualizado às 08h02
11°
Chuvas esparsas

Mín. 11° Máx. 15°

11° Sensação
3 km/h Vento
97% Umidade do ar
100% (5.44mm) Chance de chuva
Amanhã (26/06)

Mín. 11° Máx. 22°

Chuvas esparsas
Amanhã (27/06)

Mín. 11° Máx. 21°

Parcialmente nublado
Ele1 - Criar site de notícias