Quinta, 19 de Maio de 2022

Nuvens esparsas

Curitiba - PR

Educação BRAILE: 08.04

No dia Nacional do Braille, texto da acadêmica APB, Sharlene Serra

"É muito importante que possamos incentivar o uso do sistema Braille e apresentar para crianças sem deficiência uma outra maneira de ler , através das pontas dos dedos."

08/04/2022 às 19h37 Atualizada em 08/04/2022 às 19h47
Por: Mhario Lincoln Fonte: Sharlene Serra
Compartilhe:
Fotos originais do texto (SS).
Fotos originais do texto (SS).

LER É  UM DIREITO DE  TODOS . 8 de Abril dia Nacional do Braille.

No simples toque dos dedos, pontos que se transformam em palavras e textos...Eis o Braille.  Sharlene Serra.

O sistema Braille  foi um marco no que se diz respeito  a inclusão de novas oportunidades para pessoas com deficiência visual – como cegos, surdocegos e com baixa visão.

O Braille é um sistema de escrita e leitura com 63 combinações, feito com pontos táteis em alto-relevo, representa muito mais do que letras do alfabeto, símbolos e números. Criado pelo francês Louis Braille, em 1824.

Sharlene Serra.

Para celebrar a sua chegada ao Brasil, em 1854, comemora-se todo dia 8 de abril, o dia nacional do Sistema Braille em homenagem ao aniversário de José Álvares de Azevedo, que foi o primeiro professor brasileiro com deficiência visual e fundador do Instituto Benjamin Constant (IBC) Rio de Janeiro.

A importância do sistema Braille na educação se dá pela oportunidade de conhecimento, acesso a educação  e autonomia para as pessoas com deficiência  visual.

Ao longo dos anos surgiram diversas instituições no país e no mundo que ensinam milhares de pessoas com deficiência visual a fazer a leitura do sistema.

No Brasil, já possuímos  livros acessível com impressão em braille e tinta ampliada, com o objetivo  de promover conhecimento e facilitar a leitura durante o ensino de alunos com deficiência visual. 

É muito importante que possamos  incentivar o uso do sistema Braille  e apresentar para crianças sem deficiência uma outra maneira de ler , através das pontas dos dedos.

 Os livros da coleção incluir através da Editora Baobá  estão  transcritos em braille e tinta ampliada, onde possamos estar levando nossas história a um número maior de leitores.

A proposta é  oferecer uma educação inclusiva de qualidade fazendo com que todos conheçam e reflitam sobre as oportunidades  permitidas através do sistema Braille, tais como: a independência para ler placas informativas, cardápios, rótulos, entre outros. 

A Fundação Dorina Nowill para Cegos, pioneira na inclusão de pessoas com deficiência visual na sociedade, afirma que é fundamental celebrar a data e fomentar debates sobre o tema, pois o sistema Braille é universal e transformador, pois aproxima as pessoas com deficiência visual para o conhecimento.

O Braille possibilita ao cego, tocar  e sentir a textura das palavras. (Sharlene Serra)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias