Terça, 25 de Junho de 2024 09:54
editor-sênior, jornalista Mhario Lincoln
Cidades Colunistas APB

Joizacawpy Costa e "Olhos Dágua", de Conceição Evaristo: reflexões e análises

“Minha mãe sempre costurou a vida com fios de ferro.” Ao ler essa frase senti na boca o gosto das lutas de muitas mulheres Brasil a fora, e ela traz essa mulher de várias faces com a marca de milhares de brasileiras excluída socialmente". JC

13/05/2024 10h25
Por: Mhario Lincoln Fonte: Joizacawpy Costa
Joizacawpy e Conceição Evaristo. Arte: MHLai c/Divulgação).
Joizacawpy e Conceição Evaristo. Arte: MHLai c/Divulgação).

A Autora de "Olhos D'água": Conceição Evaristo é mestra em Literatura Brasileira pela PUC-Rio, e doutora em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense. Suas obras, em especial o romance Ponciá Vicêncio, de 2003, abordam temas como a discriminação racial de gênero e de classe. A obra foi traduzida para o inglês e publicada nos Estados Unidos em 2007. A autora do texto: Joizacawpy Costa, Formada em pedagogia, pós-graduada em psicopedagogia, professora atuante na rede municipal de São Luís MA, nasceu em Santa Inês MA, residiu até os 14 anos no município de Monção MA, mudou-se para São luís aos 14 anos, onde encontrou uma afinidade muito forte com esta cidade, autora do livro "ESSÊNCIA DE UMA ALMA", poesias e reflexões..


"OLHOS D’ÁGUA", de CONCEIÇÃO EVARISTO
Reflexões sobre. De Joizacawpy Costa

 

O livro "Olhos d’agua" de Conceição Evaristo nos impacta logo no primeiro texto, confesso que a leitura me ganhou na referência literária dessa grandiosa escritora e pela mensagem enigmática que ela traz no título.

 

Ao abrir o livro me deparei com a seguinte frase, “Minha mãe sempre costurou a vida com fios de ferro.” Ao ler essa frase senti na boca o gosto das lutas de muitas mulheres Brasil a fora, e ela traz essa mulher de várias faces com a marca de milhares de brasileiras excluída socialmente.

 

E Evaristo anuncia a história do conto “Olhos d’água” com um questionamento que estará presente durante toda narrativa, “Entre um fazer e outro me pegava pensando de que cor seria os olhos de minha mãe.”

 

Sem entregar de início o que está por vir ela acaba direcionando a nós leitores para “os olhos”, e logo de começo preparei-me para embarcar na dureza da história para minha surpresa me vi dentro de uma atmosfera de leveza no trecho que apresenta a mãe numa breve pausa de seu duro laboro para brincar com os filhos de pentear boneca, nessa magia imaginativa, a mãe era a própria boneca para a filha, ali para além do alivio da dureza diária, criava-se laços de afeto, marcas de amor. 

 

E para enganar a fome nos dias de maior escassez ela brincava ainda mais com as filhas e assumia a posição de senhora, de rainha.

 

De repente Evaristo evoca a natureza e traz a mais perfeita das artes onde a contemplação do horizonte do céu lhes apresentava muitas formas, e esse acaba sendo um toque muito sensível na escrita da autora. A história vai tomando corpo e mostrando as fragilidades daquelas vidas, que buscavam formas de driblar a fome.

 

A filha segue a saga de lembrar a cor dos olhos da mãe que ficara pra trás, e impulsionada por uma insistente vontade de rever os olhos da mãe e finalmente poder contemplá-los. “A cor dos olhos de minha mãe era cor de olhos d’água em águas de mamãe Oxum!”

 

Conceição remetendo seu texto para um presente vivo trava um novo desafio, descobrir a cor dos olhos da filha, finalizando com uma pergunta dessa filha, “ - mãe qual é a cor tão úmida de seus olhos?”

 

Por tanto nessa narrativa notamos a preponderância da cor dos olhos não literalmente como cor, mas a revelação das lágrimas de mulheres marcadas pelas dificuldades da vida numa sociedade tão desigual.

  

E assim Conceição Evaristo nos presenteia com uma escrita costurada com traços fortes e surpreendentes, usando uma metáfora muito forte e emblemática para trazer à tona, a dor das dificuldades de tantas mulheres de nosso país. 

-------------------------
Joizacawpy Muniz Costa 05/05/2024, especial para a Plataforma do Facetubes (www.facetubes.com.br)

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
JaimeHá 1 mês BSB/DFTexto de muito valor cultural!!!
Helena Cawpy Há 1 mês São Luís MAMuito bom, nos fazer mergulhar no mundo da leitura e refletir sobre tema de extrema relevância.
Lívia LimaHá 1 mês Maranhão Excelente ????????????????????????????????
SELMA MARIA MUNIZ MARQUES Há 1 mês São Luís MAQue emoção querida! Você cuida da obra e da autora com maestria perspassada, por fios de bondade, clareza e firmeza. Deixando-me ávida para lançar-me neste mergulho. Parabéns!
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curitiba, PR
Atualizado às 08h02
11°
Chuvas esparsas

Mín. 11° Máx. 15°

11° Sensação
3 km/h Vento
97% Umidade do ar
100% (5.44mm) Chance de chuva
Amanhã (26/06)

Mín. 11° Máx. 22°

Chuvas esparsas
Amanhã (27/06)

Mín. 11° Máx. 21°

Parcialmente nublado
Ele1 - Criar site de notícias