Sábado, 27 de Novembro de 2021
18°

Muitas nuvens

Curitiba - PR

Cidades Convidados Especiais

Convidada especial: "CURANDEIRAS E/OU FEITICEIRAS", Maura Luza Frazão

"Elas eram luzes na escuridão em tempos de ignorância e falta dos conhecimentos advindos da medicina".

03/03/2021 às 12h04 Atualizada em 03/03/2021 às 12h45
Por: Mhario Lincoln Fonte: Divulgação
Compartilhe:
capa
capa

CURANDEIRAS E/OU FEITICEIRAS

* Maura Luza Frazão

Era uma época em que todas as pessoas que de alguma forma possuíssem algum dom ou até mesmo uma afinidade com algo que não estivesse dentro dos dogmas ditos normais ou dos ensinamentos da igreja, eram vistos com superstição e desconfiança. 

Elas eram luzes na escuridão em tempos de ignorância e falta dos conhecimentos advindos da medicina. Um tempo em que as Crendices e o fanatismo ocupavam todos os espaços, favorecendo as alegorias alardeadas por aldeões crédulos, era uma verdadeira expiação para estas mulheres curiosas e desbravadoras. 

Fadas ou bruxas, Curandeiras ou feiticeiras, elas eram procuradas, perseguidas, caçadas à exaustão. Seus conhecimentos sobre ervas causavam desconfiança, elas estavam sempre em evidência, suas porções muitas vezes salvavam vidas, apesar da aura de medo que algumas causavam com suas aparências incomuns envoltas em mistérios. Em algumas situações até mesmo quando curavam, eram mal interpretadas em suas intenções, em muitos casos elas acabavam em fogueiras, queimadas em praças públicas com o apoio inteiro da população.

Apontadas como hereges ou possuidoras de poderes malignos, muitas fixavam suas residências nos arredores das aldeias, a fim de desenvolverem suas técnicas e habilidades com mais privacidade, aprimorando seus conhecimentos de forma empírica com os elementos que a natureza lhes oferecia, repassando-os para suas filhas e netas. 

original do texto.

Seus métodos pouco ortodoxos davam aos resultados um quê de magia e encantamento. Outras, eram apontadas por suas belezas excêntricas, acusadas de sedutoras e subversivas pelas mulheres dos vilarejos, justificando a fogueira como a melhor forma de se livrarem daquelas tentações que aparentemente rondavam seus filhos e companheiros.

Sombrias lendas favoreciam seus feitos lhes davam fama de pecadoras, algumas faziam jus a estas maledicências, lançando feitiços e encantos com seus caldeirões e vassouras. Se são folclores ou invencionices não é possível afiançar, vastas literaturas relatam que as bruxas e/ou curandeiras sempre existiram e ainda encontram-se em todo lugar.

O texto abaixo é divulgação da https://www.escritorescontemporaneos.com.br/l/escritora-de-sao-luiz-ma-sera-nossa-homenageada-em-marco/

Maura Luza Frazão. 02/03/2021.

A belíssima e encantadora escritora Maura Luza Martins Frazão de Oliveira, nasceu na pequena Cidade de Monção/MA, atualmente reside em São Luís/MA. Casada, mãe de dois filhos. Pedagoga, com Especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional e Coordenação Pedagógica. Professora da rede Municipal de Educação - Prefeitura de São Luís/MA e Prefeitura de São José de Ribamar/MA. Experiência na Educação Básica - Professora/Coordenação Pedagógica. Também com Orientação de Monografias e Consultoria Pedagógica.

Confreira da Academia Literária Internacional de Poetas e Escritores - ALIPE (cadeira 89); Membro da Associação Maranhense de Escritores Independentes - AMEI; Membro da Associação Brasileira de Poetas Spinaístas - ABPS. Autora do livro de poemas Spinas "Nuances de Uma Essência" pela Editora Versejar - 2020/2021. Participação nas Antologias: Registro Femininos - Chiado Books; QUARENTENA - Chiado Books; Escritores Contemporâneos Volume 12- Poesias e Contos - Editora Ações Literárias. E na Coletâneas: Baú de Palavras - Saramago; Poesias para a Nova Década - Casa Literária; Então é Natal - Editora Versejar; Relicário - Editora Dellicatta; Reverdecer - Editora Dellicatta. E mais 15 Antologias e Coletâneas em andamento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias