Quinta, 19 de Maio de 2022

Poucas nuvens

Curitiba - PR

Educação Acre

Centro Dom Bosco recebe ação social de Inclusão Humanizada da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista

Nesta sexta, 6, o Centro de Atendimento Educacional Especializado Dom Bosco recebeu a ação social Inclusão Humanizada da Pessoa com Transtorno do E...

07/05/2022 às 18h59
Por: Mhario Lincoln Fonte: Secom Acre
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

Nesta sexta, 6, o Centro de Atendimento Educacional Especializado Dom Bosco recebeu a ação social Inclusão Humanizada da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA) promovida pela Associação Família Azul do Acre (Afac).

Cerimônia de abertura da ação. Foto: Dayana Soares
Cerimônia de abertura da ação. Foto: Dayana Soares

Durante todo o dia, diversos serviços sociais e de saúde são oferecidos gratuitamente como atendimento médico, aferição de pressão, vacinas, testes rápidos, orientação jurídica com a Ordem dos Advogados do Brasil, orientação de saúde bucal, entre outros. 

De acordo com a presidente da Afac, Heloneida da Gama, além de atender as famílias, a atividade serve para informar a comunidade geral em relação ao TEA, a fim de reduzir a discriminação e o preconceito. “Nos últimos tempos estamos vendo um crescimento no número de diagnósticos. Isso está acontecendo porque agora há mais conhecimento”, explica. 

Durante a ação, as famílias têm acesso a diversos serviços de forma gratuita. Foto: Dayana Soares
Durante a ação, as famílias têm acesso a diversos serviços de forma gratuita. Foto: Dayana Soares

A ação conta com apoio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), além de Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Saúde, Ordem dos Advogados do Brasil, SEST e SENAT, Serviço Social do Comércio e Conselho Regional de Odontologia do Acre. 

Durante a cerimônia de abertura do evento, a representante da SEE, Marilene Costa, disse que a Secretaria busca sempre o melhor para atender os alunos com TEA e nos últimos anos os avanços foram importantes. “Antigamente essas crianças eram excluídas do convívio escolar e hoje nós estamos trabalhando para que a inclusão aconteça em todo estado”. 

Bombeiro Abraão Púpio durante vacinação. Foto: Dayana Soares
Bombeiro Abraão Púpio durante vacinação. Foto: Dayana Soares

Para o bombeiro Abraão Púpio, que é pai de um autista de 19 anos, estudante no Dom Bosco, iniciativas como essa são uma oportunidade de disseminar informação, de conscientização e de acalentar pais e mães que passam por dificuldades. “São momentos lúdicos, onde você encontra pessoas com problemas semelhantes aos seus e pode desabafar, além de ter acesso a serviços importantes e sem grandes filas de espera”. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias