Sábado, 24 de Outubro de 2020 23:45
[email protected]
Geral CONVIDADO

Poeta Jorge Cruz, de Olinda/PE. Membro APB

Vice-presidente Regional da APB/PE

07/10/2020 21h38 Atualizada há 2 semanas
111
Por: Mhario Lincoln Fonte: Jorge Cruz
Convidado APB/Pernambuco
Convidado APB/Pernambuco
Ilustração: ML

Aos Senhores das Armas

Jorge Cruz é membro da Academia Poética Brasileira, regional Pernambuco.

Ilustração: ML

 

Aos que defendem e adoram o deus das armas,

As mesmas que não se define como protetoras da paz, mas fomentadoras de guerras,

As mesmas que têm um só objetivo: ferir ou matar seu oponente ou inocente

Que esteja em sua linha do tiro, que, uma vez lançada, não tem como retroceder.

Aos que utilizam a desculpa de autoproteção, ordem, força de resposta,

Mesmo que acidentalmente fira ou mate um inocente,

Mesmo que acabe com a vida de um oponente, de um amigo, de uma criança.

Aos que de se deslumbram com a sensação de poder decidir se alguém

Ou algum pobre animal indefeso pode ou não viver,

Como se fosse um deus de barro decidindo a vida de outros.

Aos que se autoproclamam livres para poder escolher ter ou não ter uma arma,

Podendo esta mesma arma ser utilizada para guerras, roubos, tráfico, intimidações,

Podendo ainda ser utilizada de forma acidental e ferir entes queridos.

Devo informar-lhes que a evolução humana está na porta, para uma nova fase.

Onde os mansos e os pacíficos herdarão a Terra, segundo as boas-venturanças.

Onde os sentimentos e ferramentas contrários à essa evolução serão banidos.

E aqueles que não se adequarem, infelizmente,

Serão forçados a deixarem o planeta porque serão os deserdados.

Portanto, mudem enquanto é tempo.

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias