Sábado, 24 de Outubro de 2020 14:31
[email protected]
Geral CINEMA

Textos Escolhidos: "Aos olhos de Ernesto". Um filme Divertido e Comovente

Produção da Casa de Cinema de Porto Alegre. De Ana Luiza Azevedo

17/10/2020 09h57 Atualizada há 1 semana
91
Por: Mhario Lincoln Fonte: Carlos Marcelo
Frame do treiler original.
Frame do treiler original.

'Aos olhos de Ernesto' é filme divertido e comovente sobre a velhice

Premiado em festivais, longa de Ana Luiza Azevedo sobre homem que perde progressivamente a visão está disponível em streaming. Ator uruguaio Jorge Bolani, conhecido do público brasileiro por Whisky, vive o protagonista inspirado na vida na capital gaúcha do fotógrafo italiano Luigi Del Re.

Textos escolhidos na internet, com livre acesso: Carlos Marcelo

A vida solitária de um viúvo uruguaio, de idade tão avançada quanto a perda da visão, em um apartamento lotado de livros, discos, cartas e lembranças. Um filme com essa sinopse pode parecer monótono ou depressivo, mas Aos olhos de Ernesto não é uma coisa nem outra. 

Afetuoso, divertido e ocasionalmente melancólico, o longa-metragem dirigido por Ana Luiza Azevedo comove e surpreende. Ou você assistiu recentemente a alguma produção audiovisual com uma partida de xadrez entre dois velhos amigos que inclui uma disputa de plaquetas, leucócitos e outros resultados contidos em um hemograma?

Produção da Casa de Cinema de Porto Alegre, formada por um grupo de cineastas gaúchos ainda nos anos 1980, Aos olhos de Ernesto ganhou o prêmio da crítica na '43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo' e do público no '23º Festival Internacional de Cine de Punta del Este'. A estreia nacional foi anunciada para o início de abril, mas a pandemia do coronavírus fechou as salas de cinema em todo o Brasil e mudou os planos da produtora e da distribuidora.

“Tivemos que fazer o luto de não ter as sessões nas salas de cinema, junto com diversos outros lutos que a pandemia nos impôs”, destaca a diretora. O filme, então, ganhou lançamento nas plataformas Net Now, Vivo Play e Oi Play, pelo Canal Brasil. 

Inspirado na vida, na capital gaúcha, do fotógrafo italiano Luigi Del Re, o roteiro foi escrito por Ana Luiza e Jorge Furtado, que trabalharam juntos em curtas (Dona Cristina perdeu a memória), longas (Antes que o mundo acabe) e séries de tevê, como Doce de mãe, com Fernanda Montenegro. 

É uma das preciosidades do longa-metragem, bem como a atuação sutil do protagonista, o experiente ator uruguaio Jorge Bolani (o mesmo de Whisky). Ele interpreta Ernesto, surpreendido por uma série de fatos e sentimentos desencadeados por Bia (Gabriela Poester), uma jovem cuidadora de cães. 

Com citações de poemas de Mario Benedetti e diálogos que misturam português e espanhol, Aos olhos de Ernesto reflete a proximidade cultural do Rio Grande do Sul com os países vizinhos.  “Estamos mais próximos da Argentina e do Uruguai do que do centro do país. Hablamos portuñol com muita facilidade”, lembra Ana Luiza.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias