Quarta, 26 de Janeiro de 2022
25°

Nuvens esparsas

Curitiba - PR

Cidades Textos Escolhidos

A Academia Ludovicense de Letras recebe o imortal (AML) José Neres como novo membro

José Neres é detentor de vários e importantes prêmios e honrarias literárias.

22/12/2020 às 21h27 Atualizada em 22/12/2020 às 21h42
Por: Mhario Lincoln Fonte: Diego Emir (Blog)/AML
Compartilhe:
José Neres
José Neres
L.Barros

N.E: O presidente da Academia Poética Brasileira, por seus membros, parabeniza o imortal da co-irmã AML, José Neres, por sua escolha para a Academia Ludovicense de Letras, instituição bastante representativa das artes e literatura na cidade de São Luís-MA. José Neres é marido da confreira (APB), Linda Barros. atriz e professora. A Neres e seus familiares, votos de sucesso absoluto nas novas funções literárias, como sempre o fez e vem fazendo, também, na Academia Maranhense de Letras.

Professor e escritor José Neres é o novo imortal da Academia Ludovicense de Letras — ALL, presidida pelo poeta e jurista Daniel Blume

Fonte: AML

Filho de José Furtado da Costa e de Maria Raimunda Neres Silva, José Neres nasceu em São José de Ribamar em 17 de fevereiro de 1970. Fez estudos iniciais em Brasília e Goiás (Luziânia), locais onde passou a infância. De volta ao Maranhão, cursou Letras Português e Espanhol (UFMA), especializou-se em Literatura Brasileira (PUC-MG) e depois fez mestrado em Educação (UCB). Trabalha ou já trabalhou como professor de língua (portuguesa e espanhola) e literatura (brasileira, espanhola, hispano-americana e maranhense) nas seguintes instituições de ensino: Colégio Brasil, Centro de Ensino Universitário José Maria do Amaral, Faculdade Atenas Maranhense, Faculdade Pitágoras, Faculdade Santa Fé e Universidade Federal do Maranhão, além de haver prestado serviços para a Universidade Estadual do Maranhão, Instituto Superior Franciscano e Centro Sul Brasileiro de Pesquisa e Pós-Graduação.

José Neres é detentor dos seguintes prêmios e honrarias: Menção Honrosa e Honra ao Mérito, ambos concedidos pelo Instituto da Poesia Internacional; Prêmio Odylo Costa, filho, concedido pela Prefeitura de São Luís pelo livro Resto de Vidas Perdidas; Prêmio A Importância do Livro no Brasil do Século XX. Concedido pela Academia Brasileira de Letras em parceria com o jornal Folha Dirigida e Medalha do Bicentenário de João Lisboa, concedida pela Academia Maranhense de Letras, além de ser patrono e paraninfo de diversas turmas de formandos em cursos superiores.

Como pesquisador, José Neres sempre teve interesse por assuntos ligados à literatura, principalmente a maranhense, à Educação e aos estudos linguísticos. No mestrado, orientado pelo professor Afonso Celso Tanus Galvão, desenvolveu pesquisa sobre os processos metacognitivos e autorregulativos na aprendizagem de estudantes de pré-vestibulares e sobre estudo deliberado.

Em 2020, foi eleito para a Academia Ludovicense de Letras, ocupando a cadeira 38, patroneada por Dagnar Destêrro.

 

Fonte: site da AML

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias