Quarta, 26 de Janeiro de 2022
25°

Nuvens esparsas

Curitiba - PR

Cidades RELÍQUIA

O livro TYMBIRAS, nas mãos de Diogo Gualhardo Neves. Uma obra histórica.

O Maranhão agradece.

09/01/2021 às 19h54
Por: Mhario Lincoln Fonte: Facebook
Compartilhe:
Foto Facebook
Foto Facebook

Textos escolhidos: do facebook de Cordeiro Filho.

O livro TYMBIRAS

Diogo Gualhardo Neves

No final da década de 1840, a independência do Brasil estava consolidada e a elite intelectual buscava construir símbolos da nacionalidade.

Com esse propósito, o maranhense Gonçalves Dias, o maior poeta brasileiro de todos os tempos, escreveu o poema Os Timbiras, publicando-o na Alemanha, em 1857.

O poema apareceu dedicado “À majestade do muito alto e muito poderoso príncipe o Senhor D. Pedro II, Imperador constitucional e defensor perpétuo do Brasil”. Segundo Gonçalves, havia sido uma promessa feita ao Imperador. Dom Pedro II por sua vez estava disposto a pagar uma boa quantia ao poeta que realizasse um poema que representasse a nação.

Adquiri a primeira edição em capa original deste título fundamental da cultura brasileira, marca do Romantismo indianista, e um dos mais importantes escritos gonçalvinos. Impresso em Leipzig, comercializado em Pernambuco e proveniente do Rio de Janeiro, agora está assentado no Maranhão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias