Quinta, 15 de Abril de 2021 02:53
[email protected]
Internacional INTERNACIONAL

A incrível entrevista exclusiva de Anthony Hopkins ao site (The Talks)

“Eu ouço o que falam, mas não me importo

03/03/2021 20h36 Atualizada há 1 mês
86
Por: Mhario Lincoln Fonte: The Talks
Original do texto.
Original do texto.

ANTHONY HOPKINS: “Eu ouço o que falam, mas não me importo"

Original de: https://the-talks.com/interview/sir-anthony-hopkins/

TheTalks: Sr. Hopkins, uma vez você disse que quanto mais vida você experimenta, mais parece um sonho. Houve algum momento em sua vida em que as coisas pareciam divergir da realidade?

HOPINKS: A maior parte dos meus últimos 30 anos foi assim. Resultados e manifestações de coisas com que sonhei quando criança e desejei quando criança e quando jovem. Eu percebi isso talvez 30 anos atrás. Eu pensei: “Isso é irreal. Isso aconteceu como eu esperava, como eu imaginei. ” Minha vida inteira tem sido assim e estou fascinado por esse poder que todos nós temos. Que criamos nossas vidas à medida que avançamos.

 

TheTalks:Você acha que atores e cineastas têm uma vida interior mais poderosa? As pessoas costumam dizer que os atores são mais emocionais, mais sensíveis.

HOPINKS: Bem, eu sempre desconfio da palavra arte quando se aplica a atuação. Sempre gostei de ser um ator de carne e osso que não acredita nas coisas pomposas da atuação, então tendo a ser um pouco mais cínico. Mas acho que é um processo criativo; atuar é um processo criativo, direção e música. Eu acho que as pessoas criativas - e eu me considero uma pessoa criativa e isso não significa que você tem que ser um ator, um músico ou um pintor - mas acho que se você está em uma profissão criativa ou em um negócio criativo, você tem uma consciência intensificada. Mas isso não o torna especial.

 

“Às vezes me sinto cansado e acho que devo desistir, não quero apenas me aposentar.”

 

TheTalks: Muitos atores certamente se comportam como se fossem ...

HOPINKS: Você tem que ter cuidado com isso porque quando você começa a acreditar que tem licença por ser uma pessoa especial que respira oxigênio especial, é quando você está em apuros. Esse é o caminho para a insanidade. E muitas pessoas nos estúdios são assim. Eles acreditam que são especiais. Eu realmente acho que os atores são abençoados, ou amaldiçoados, talvez com uma consciência ligeiramente elevada, que você tem que usar. Isso é tudo. Isso não significa que você é superior ou melhor do que ninguém, apenas significa que é assim que nosso cérebro funciona.

 

TheTalks: Houve algum diretor no passado que realmente te inspirou?

HOPINKS: Houve vários deles e todos eles têm sua própria maneira peculiar de trabalhar. Trabalhei com Oliver Stone, Spielberg, vários deles. Alguns dos melhores e tive sorte. Quando eu dirijo, tento manter um design único. Naturalmente você é influenciado. Oliver Stone é um ótimo diretor e vi muitos filmes ao longo dos anos, mas tento criar coisas com minha própria imaginação. Eu quero quebrar todas as regras e bagunçar com isso e fazer um filme diferente apenas por diversão.

 

TheTalks: Atuar ajuda a mantê-lo jovem?

HOPINKS: Sim. Sou jovem! Ser criativo e manter o cérebro ocupado é muito sensato, porque se você não morrer, lentamente. Embora às vezes me sinta cansado e ache que devo desistir, não quero apenas me aposentar. Não, eu gosto de tudo e você continua até chegar o dia em que não pode mais fazer isso. E é isso que eu quero fazer.

 

TheTalks: Você ainda está obcecado por atuar?

HOPINKS: Eu costumava ser um pouco obcecado por isso, mas não sou mais. Eu gosto de atuar, mas provavelmente gosto mais agora porque é mais fácil. Não posso trabalhar no teatro porque para mim é muito sério. É como estar na prisão para mim. Admiro pessoas que podem fazer isso, mas eu não consigo. Eu prefiro viver minha vida e atuar um pouco no meio.

 

TheTalks: Como está sua vida hoje em dia?

HOPINKS: Eu toco piano e esse é o meu amor. Eu leio, pinto e componho músicas, então tenho uma vida bastante criativa. E não é porque, você sabe, eu sou obsessivamente criativo. I desfrutar de pintura. Não sei se sou bom nisso, mas pinto. Eu pinto muito rapidamente. Eu pinto em acrílico e parece funcionar e eu escrevo e componho música e toco piano e leio muito e a vida é boa. Então atuar é algo que eu faço como um preenchimento.

 

“A mortalidade é o grande salvador, finalmente tira você de tudo, e isso torna a vida boa, sabe?”

 

TheTalks: Você parece estar em harmonia consigo mesmo ...

HOPINKS: Eu queria que quando era mais jovem eu soubesse o que sei hoje, o que sinto hoje, uma espécie de facilidade comigo mesma. Porque quando você é mais jovem, você é muito mais intenso e tudo é muito mais importante e você olha para trás e pensa: "Oh, o que foi aquilo?" Nada é tão importante, apenas viva sua vida porque estamos aqui por muito pouco tempo.

 

TheTalks: Então você gosta de envelhecer?

HOPINKS: Sim. Eu mantenho a forma. Eu me olho no espelho e vejo as linhas, mas não me importo. É um bom momento. Não sei por que é um momento tão bom, mas é um bom momento. A mortalidade é o grande salvador, enfim tira você de tudo, e isso torna a vida boa, sabe? Leia Carl Jung. Torna a vida mais rica porque é isso; nenhum de nós sabe para onde vamos e essa é a diversão.

 

TheTalks: Você conseguiu tudo o que queria?

HOPINKS: Além de tudo. Tive muita sorte. Eu tive meus problemas no passado, eu tive meus problemas, mas você segue em frente. Tive uma vida ótima e sou muito grato por isso.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curitiba - PR
Atualizado às 02h35 - Fonte: Climatempo
15°
Muitas nuvens

Mín. 12° Máx. 21°

15° Sensação
6 km/h Vento
94% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (16/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Sábado (17/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 23°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias