Domingo, 19 de Setembro de 2021 02:52
[email protected]
Brasil RELEMBRANÇAS

Coluna de Mhario Lincoln: 19 de outubro de 2001, publicada no "Jornal Pequeno".

Vários destaques circularam na coluna nessa data.

23/07/2021 18h44 Atualizada há 2 meses
395
Por: Mhario Lincoln Fonte: Mhario Lincoln
capa
capa

AS COLUNAS DE MINHA VIDA

*Mhario Lincoln

Durante quase 40 anos trabalhei na imprensa do Maranhão. Fiz TV e Rádio também. Mas nunca com tanta assiduidade como as colunas escritas no "Jornal Pequeno" e em "O Imparcial". Foram momentos de muito aprendizado, alegria, algumas decepções, tudo isso, resultando em um grande aprendizado de vida. No currículo, vários prêmios. Um deles, o de "Colunista do Ano", recebido na Bahia, das mãos do então governador Roberto Santos e na presença de vários atores e celebridades.

O que ficou, certamente, foi o vínculo da amizade. Ao longo desses anos convivi diretamente com grandes amigos e grandes amigas. Alguns deles estão reportados nesta página datada de 19 de outubro de 2001 - incluída no livro "Mhario Lincoln em Preto & Branco", uma edição histórica, em fac-simile, mostrando a evolução da imprensa do Maranhão e servindo como base para a construção da tese de Doutorado em Sociologia, do prof. Ferreira Andrade y Athayde, em São Paulo.  No livro, colunas que "traduzem uma visão filo-sócio-interpretativa do jornalista Mhario Lincoln (...)", no momento de transição da imprensa escrita maranhense, diz o prof. Athayde, fato que marcou muito minha carreira.

Na página que publico hoje, divulgadas matérias e fatos com nomes muito conhecidos da sociedade ludovicense. Phil Camarão, dança a valsa de 15 anos com a filha Bruna. Outra matéria informava que neste mesmo dia, a Dra. Lindalva Mota (procuradora aposentada) abria as portas de seu escritório de advocacia. Uma mulher dinâmica e forte. Aderson Lago (ex-deputado) acabara de colocar pontes de safena. Na época, as pesquisas davam como certa e eleição de Edison Lobão ao governo do Maranhão. Matéria também informava que em 2001, a população de advogados no Brasil era enorme. Para cada 355 habitantes, um profissional do Direito, colocando nosso país em 5º lugar no Planeta. Na Itália, berço das Faculdades de Direito, a proporção era de 1 para 509. 

Matéria citando um dos grandes secretários de Administração do Estado, falecido, anos depois, em grave acidente automobilístico, Luciano Moreira. Ele foi peça fundamental (2001) na negociação entre mutuários/Estado nas dívidas da extinta COHAB. O então vereador Arimathéia Viégas, ao falar sobre um dos times mais populares maranhenses, o Moto Clube, soltou essa pérola: "Eles estão dirigindo o Moto Clube como se fosse um grupo de Ballet. Esquecem que é um time de futebol".

"Jornal Pequeno", 19 de outubro de 2001.

Na coluna, eu sempre usava o BOMBA E O BOMBÍSSIMA, quando queria dar mais ênfase a uma matéria. O Bombíssima do dia foi a denúncia do médico-jornalista Francisco Viana: "Ninguém consegue resgatar DOTZ (lembra?) das Lojas Americanas, Editoras Siciliano e Submarino, dentre outras. É um engodo". Também denunciava na coluna do dia 19 de outubro de 2001, a venda ilegal (mas livre) de bebidas alcoólicas a menores, nas esquinas, nos postos de gasolina ou em quaisquer que fossem os lugares, especialmente os vendedores ambulantes nas praias. Nesse dia recebi um bilhetinho de um leitor: "Não escreva mais isso, uma das indústrias de cerveja patrocina seus eventos". Pelo que respondi na coluna do outro dia, SOBRE BEBIDAS: "Esta coluna não se sujeita a retaliações quando há um fato explícito de má condução da ordem pública ou em qualquer outra hipótese. Perde o patrocínio, mas não perde o direito de denunciar a ação ilícita". Um mês depois, realmente, eu perdi o patrocínio. E sobrevivi.

Também divulguei na mesma data, um importante projeto da Secretaria de Cultura do Município de São Luís, para homenagear (merecidamente) o poeta José Maria Nascimento. Foi uma festa bonita, em frente à Fonte do Ribeirão, monumento histórico da cidade. Também houve a apresentação dos músicos Celio Muniz (sax/flauta) e Celson Mendes (em nossos dias é o músico e maestro do jazzista e colaborador deste facetubes, Augusto Pellegrini).

Na mesma coluna, uma nota que me incomodou bastante. Mas, assim mesmo, a escrevi. Era sobre o destaque do Maranhão no jornal americano "The Independent". Uma nota, traduzida por meu professor de inglês - ainda não tinha o google tradutor - dizia que a Polícia Federal estava investigando o assassinato de 20 meninos, todos castrados e mortos de forma violenta, possivelmente sob suspeita de rituais de magia negra, em alguns bairros periféricos da cidade. Ao final, também escrevo, "não era bem essa propaganda internacional de minha terra que eu gostaria de ver estampada em jornais estrangeiros (...)". Falava também sobre os inúmeros roubos de cargas nas estradas e dentro da cidade, de menores em prostituição no bairro do João Paulo, dos cheiradores de cola, nos semáforos da Cohab e dos 'pegas' dos filhos de ricos nas avenidas largas construídas entre o retorno que leva a cidade de São José de Ribamar e o Aeroporto Santos Dumont, quase todas as noites, inclusive com acidentes graves.

Nas notícias do governo do Estado, divulguei que o secretário Luís Fernando Silva comemorava, naquele dia, no município de Balsas, a adesão de 92 empresas ao programa Primeiro Emprego. Para isso, o governo bancou 134 mil reais, a fim de impulsionar a agenda.

Esses foram alguns dos assuntos que escrevi naquele dia. Sinto muita saudade da época em que era colunista diário, informando em várias frentes e sobre vários assuntos, sem medo e sem ligação com grupos políticos ou empresariais. Mesmo assim, sobrevivi quase 40 anos, muito pela graça de Deus.

 

 

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curitiba - PR
Atualizado às 02h52 - Fonte: Climatempo
16°
Nevoeiro

Mín. 15° Máx. 27°

16° Sensação
6 km/h Vento
100% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (20/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Terça (21/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias