Terça, 25 de Junho de 2024 10:26
editor-sênior, jornalista Mhario Lincoln
Brasil Posse APB

Alcina Maria Silva Azevêdo é empossada na Academia Poética Brasileira, em solenidade virtual festiva

A poeta e presidente regional da APB/MA, Linda Barros Neres recebeu Alcima Maria no sodalício.

04/06/2024 12h17 Atualizada há 3 semanas
Por: Mhario Lincoln Fonte: Linda Barros/ Alcina Maria
Alcina Maria
Alcina Maria

Discurso de recepção da acadêmica LINDA BARROS, vice-presidente regional da Academia Poética Brasileira, seccional do Maranhão, à empossanda ALCINA MARIA SILVA AZEVÊDO 

Senhores, senhoras, confrades e confreiras,


Hoje falaremos de sonhos. Normalmente quando se fala deles, parecem inalcançáveis, quase impossível de realizá-los. Mas, na realidade, podemos ter o sonho que quisermos e, sim, podemos alcançá-los, principalmente se isso for uma meta. Como disse Umberto Gessinger, cantor e compositor, “Somos o que queremos ser, sonhos que podemos ter”. Não, esse texto não é de autoajuda, mas sim um texto para dizer em algumas palavras que podemos ser o que quisermos ser e ter o que quisermos ter, só basta querer e ser notada.


Acredito que está nos prelúdios (passos iniciais para dar início a algo ou antecedentes à sua realização) de toda e qualquer Academia de Letras, receber intelectuais como forma de enriquecer ainda mais seus anais. Afinal, as Academias têm também a função de guardar memórias vivas de grandes intelectuais, sejam esses nacionais ou não, e mais, as Academias são também um lugar que de certa forma cabem todos lugares do mundo em um mesmo espaço físico ou virtual.


São com estas singelas palavras que a Academia Poética Brasileira recebe sua mais nova Membro Correspondente, a escritora, cronista e resenhista Alcina Maria Silva Azevêdo, que estará muito bem acompanhada pelo seleto grupo de intelectuais das mais variadas vertentes artísticas. Ela ocupará um lugar de honra, para poder contribuir com seus escritos e ensinamentos. Em seu texto de apresentação ela disse que “Jamais me candidatei para membro desta tão honesta e majestosa Academia (por não me sentir a altura de todos que aqui estão) e me surpreendi ao ser indicada e votada para membro correspondente dessa Academia”. Pois bem, aqui chegou e aqui vai ficar para plantar sua semente de sabedoria, realizando um sonho de poder caminhar junto com tantos outros intelectuais da referida egrégia Academia. 


Alcina Maria Silva Azevedo é natural da cidade de Cruzeiro (São Paulo), e tem uma vasta bagagem literária. Escreveu ‘Além do Nosso Mundo’ (2020);  entre 1982 a 1986 escreveu para o jornal O Estado de Goiás; participou do V Concurso Nacional de Poesias, promovido pela Revista Brasília, no qual recebeu Menção Honrosa; recebeu o Prêmio Edição no V Concurso Nacional de Poesias ‘Raimundo Correa’, promovido pela Editora Shogum Arte; Ganhou o prêmio de publicação ‘Poetas Brasileiros de hoje’ 1986, pela editora Shogun Arte. Em 2010 publicou o livro ‘Os Descasados’ (Editora Livro Pronto: São Paulo). Em 2016 recebeu o Troféu Carlos Drummond de Andrade. Em 2019 lançou a obra ‘Um conto de Preto Babão’. (fonte: ABP).


Como podemos ver, Alcina Maria trilha um caminho cheio de cultura dos livros, que com certeza lhe ajudou e ainda a ajudará a buscar e alcançar seus sonhos possíveis. Neste oitavo ano de aniversário da Academia Poética Brasileira, não poderia deixar de fora tão ilustre intelectual, como Membro Correspondente, que com certeza só abrilhantará ainda mais seu quadro de intelectuais.

Seja bem-vinda.

Linda Barros/APB-MA

 

Discurso de agradecimento e posse da Membro-Correspondente, por São Paulo, poeta e escritora ALCINA MARIA SILVA AZEVEDO.


Exmo Sr Presidente Dr Mhario Lincoln e, minha anfitriã, poeta Linda Barros e demais membros da Academia Poética Brasileira.

Jamais me candidatei para membro de tão honesta e majestosa Academia (por não me sentir a altura de todos que aqui estão) e, me surpreendi ao ser indicada e votada para membro correspondente dessa Academia. Fiquei muito emocionada e só tenho a agradecer, agradecer e agradecer...a Deus e todos que votaram em mim. Se existe reencontro de almas afins neste planeta,  eu sinto uma profunda  empatia com cada membro dessa enorme nave de conhecimento e cultura e, penso que nos reencontramos.


São muitas mentes distintas, que aqui derramam seus conhecimentos, música, poesia e alegria, com o intuito de fazer deste planeta um mundo melhor. Estou aqui para colaborar com todos vocês e, poder trazer os meus escritos para todos os leitores, que prestigiam a APB.
Sabemos que sem educação não haverá o amanhã e que um país sem arte e cultura, é um país sem alma. Vamos então, conduzir a nossa nave cultural, com perseverança e ânimo, a fim de cumprirmos com a nossa missão de escritores e artistas.

 

Há, ainda, que exaltar o meu profundo e emocionado agradecimento a minha anfitriã, poeta Linda Barros, que tem demonstrado um maravilhoso trabalho, prestado no campo das artes e da literatura, cujas qualidades poéticas, talento dramático e dedicação pedagógica, enquanto atriz e professora, inspiram profundo respeito e admiração. A profissão docente, essencial ao desenvolvimento cívico e cultural, é enobrecida pela atuação de Linda nessa área que ela ama. Portanto, é uma honra ser integrada nesta prestigiada Casa de Cultura, pelas mãos de Linda Barros, fato que reforça minha convicção no poder unificador da Poesia. A arte poética, como um vínculo afetivo e intelectual, tem o potencial de unir corações e forjar amizades duradouras.

 

O discurso proferido por Linda Barros, é prova disso, marcado por sua beleza e eloquência. Essa peça literária permanecerá eternamente gravada em minha memória afetiva, como um testemunho da fraternidade que nos une no âmbito da Academia Poética Brasileira e do Facetubes. É um legado que transcende o tempo, ecoando como um hino à amizade e à fraternidade literária.

Alcina Maria Silva Azevedo. Campinas - SP.

 

Mhario Lincoln, Linda Barros e Alcina Azevêdo.

Discurso do Presidente da APB, poeta Mhario Lincoln, no encerramento da solenidade de posse de Alcina Maria Silva Azevêdo. 


Senhores, Senhoras, Confrades e Confreiras,


É com grande satisfação que, em nome da Academia Poética Brasileira, amplio minhas mais calorosas felicitações às imortais Linda Barros, por seu eloquente discurso de recepção, e Maria Alcina Silva Azevêdo, por sua merecida posse como membro-correspondente pelo estado de São Paulo. A Academia, enquanto entidade virtual, tem sido um farol para o desenvolvimento da poesia, arte e música do Brasil, projetando nossa cultura através da vasta rede do Facetubes (www.facetubes.com.br), e assim, alcançando horizontes antes inimagináveis.

 

Aproveito e trago para nossa mesa, Platão, que nos ensina todos os dias: “As academias são os santuários onde se cultiva a eterna chama do conhecimento”. A importância da Academia Poética Brasileira, portanto, reside não apenas em ser um espaço de celebração cultural, mas também como um agregador para o florescimento de novas expressões artísticas. É um lugar onde a tradição e a inovação se encontram para dialogar e inspirar.

 

Assim, a inclusão de Alcina Maria Silva Azevêdo no quadro da APB é um testemunho do seu incansável esforço e dedicação à literatura. Ela representa um raro grupo de intelectuais que não apenas atua na área da literatura, mas também empreendem, compartilham e incentivam novos valores intelectuais. Suas publicações, livros e mensagens nas redes sociais são uma fonte de inspiração e um convite à reflexão.

 

Portanto, é com imenso prazer que dizemos: Seja bem-vinda, Alcina Maria! Sua presença enriquece nossa Academia e reafirma nosso compromisso de acolher ideias que impulsionam o pensamento, a criatividade e a inovação. Que sua jornada conosco seja longa e frutífera, e que juntos possamos continuar a elevar a literatura brasileira a novos patamares de excelência. Parabéns!

 

Mhario Lincoln, presidente da Academia Poética Brasileira

18 horas de 15.04.2024

O diploma de Posse. (15.04.2024).

 

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
JaimeHá 2 meses BSB/DFMAGNÍFICO!!! PARABÉNS A EMPOSSADA!!!
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curitiba, PR
Atualizado às 08h02
11°
Chuvas esparsas

Mín. 11° Máx. 15°

11° Sensação
3 km/h Vento
97% Umidade do ar
100% (5.44mm) Chance de chuva
Amanhã (26/06)

Mín. 11° Máx. 22°

Chuvas esparsas
Amanhã (27/06)

Mín. 11° Máx. 21°

Parcialmente nublado
Ele1 - Criar site de notícias