Segunda, 15 de Julho de 2024 15:23
editor-sênior, jornalista Mhario Lincoln
Brasil Colunistas APB

Acadêmica APB, professora, escritora e atriz Linda Barros em mais um texto: "CHICO SALDANHA: do clássico ao popular"

"No auge de seus 79 anos o Rosariense Chico Saldanha segue com sua voz suave e impecável, ecoando pelos arraiais suas melodias que embalam a todos os admiradores das festanças do mês de junho." LB

23/06/2024 09h00 Atualizada há 3 semanas
Por: Mhario Lincoln Fonte: Linda Barros
Chico Saldanha
Chico Saldanha

 

Linda Barros, atriz e escritora. Membro da Academia Poética Brasileira

Ao raiar o primeiro dia do mês de junho, já é possível se ouvir ao longe, o rufar dos tambores, um dos instrumentos musicais mais característicos dos festejos juninos (principalmente no Maranhão). Fogueiras acesas para aquecer os pandeirões, o tilintar das matracas, o pedido insistente de Catirina pela língua do boi, fitas de cores vibrantes e decorativas etc. Tudo isso forma o cenário para as Juninas em nosso Estado.

Como Patrimônio Cultural e Imaterial da Unesco, o Bumba-meu-boi maranhense é inegavelmente uma das manifestações culturais mais características e mais importantes do Maranhão, onde se celebra a identidade, a riqueza e a diversidade cultural do Brasil. Mas, para compor o cenário das festas juninas, um outro elemento não pode faltar nessa festança, as toadas, que ecoam e levantam os brincantes nos terreiros durante todo o mês de junho.

Linda Barros, a autora.

Nesse mês tão especial para os maranhenses, por retratar a principal e mais importante manifestação cultural do Estado, trazemos à baila um dos mais versáteis intérpretes e compositores do Maranhão: Chico Saldanha. O artista que transita com muita facilidade por vários gêneros musicais, inclusive com músicas que enchem nossos ouvidos no São João.  De voz inconfundível, ele é considerado um ícone da cultura popular maranhense, autor multifacetado e sempre rodeado de companheiros da música popular maranhense, é autor de quatro álbuns:

Chico Saldanha (1988), 

Celebração (1998), 

Emaranhado (2007)

Plano B (2017).

Linda Barros: autora do texto.

No auge de seus 79 anos o Rosariense Chico Saldanha segue com sua voz suave e impecável, ecoando pelos arraiais suas melodias que embalam a todos os admiradores das festanças do mês de junho. Saldanha tem um lugar próprio e só seu, com traços de voz peculiares, ele tem uma vasta e sólida carreira, admirado por muitos artistas locais e de renomes nacionais. 

Dentre seus trabalhos mais recentes, encontramos “Dolores”, lançada em 2023 e que tem participação de Rejane Araújo. Essa canção é em homenagem a Dolores O’Riordan, uma jovem cantora e musicista irlandesa que faleceu em 2018. Dolores é considerada uma das principais vozes irlandesa de todos os tempos, a artista, para quem não conhece, fez parte da banda The Cranberries. “Dom Quixote” é outra composição recente de Saldanha, na voz de Lucas Sobrinho e com parceria de Ivan Sarney. E, fechando os trabalhos recentes, temos “Arco-Íris”, lançada agora em 2024, uma linda toada interpretada por Elizeu Cardoso.

Entre tantas composições do artista, temos: Deixa Estar; Quintal de Crioula, Matraca Matreira, No Dia Em Que Te Vi, Fuzileiro Apaixonado, Ela Se Move, Giovana, Emaranhado, A Cidade Era Feita De Poesia, Itamirim entre muitas outras canções. Abaixo deixamos a letra da bela composição No Dia Em Que Te Vi, que tem participação especial do também maranhense e de grande nome da música nacional Zeca Baleiro. Lembrando que podem acompanhar e ouvir todas essas e muitas outras composições de Chico Saldanha nas principais plataformas digitais.

No dia em que te vi

A estrela mais bonita estava ali

As luzes que brilhavam na cidade

Toda a felicidade era pra mim

No dia em que eu te vi

Poetas, seresteiros, bem-te-vis

Cantaram e de repente a claridade

E um amor de verdade aconteceu pra mim

No dia em que eu te vi

O céu da Paulista igual ao daqui

Pesava de estrelas e uma lua cheia sorria pra ti

No dia em que eu te vi

Uma cidade inteira parou só pra ouvir

A melodia de um chorinho que no cavaquinho eu solava pra ti

No dia em que eu te vi

As rosas de maio, as águas do Anil

As gotas de orvalho, o céu de Rosário tudo era pra ti

No dia em que eu te vi

Um batalhão de orquestra dançou só pra ti

Na melodia de um boizinho

Entre cores e brilhos foi quando eu te vi

https://www.musixmatch.com/es/letras/Chico-Saldanha/No-Dia-Em-Que-Te-Vi

               Chico Saldanha é só um entre tantos artistas, entre cantores, compositores e intérpretes, que pertencem ao cenário musical de nossa cidade e Estado, e, que estão por ai, espalhados, sejam nos terreiros juninos, sejam em qualquer época do ano, que podem alcançar uma grande visibilidade e o patamar que realmente merecem estar.

            VIVA SÃO JOÃO, SÃO PEDRO, SÃO ANTONIO, SÃO MARÇAL, CHICO SALDANHA e  todos os ícones da Cultura Popular Maranhense e Brasileira. VIVA!!!!!

 

6 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
alcina maria silva azevedoHá 3 semanas Campinas- SPLinda Barros sempre nos surpreende com seus belos textos. Adoro esses festejos de Junho e Julho.
Rilnete Melo (escritora/poeta)Há 4 semanas Pindaré Mirim Parabéns Linda! Lindo de ver e de sentir orgulhosamente essa merecida homenagem! Sou fã do Chico Saldanha, um dos maiores artistas da nossa cultura popular!
ELISA LAGOHá 4 semanas São LuísChico Saldanha é um ser humano doce, de alma leve, e simplicidade inenarrável. Como poeta, compositor, cantor, intérprete reina dentre os melhores. Obrigada Linda Barros por nos contar um pouco da rica trajetória desse ícone da música popular brasileira feita no Maranhão, com amor e qualidade, chamado Chico Saldanha. Parabéns Chico, você tem minha admiração! Interpretar Há que se falar em homenagem a você e Laura ainda me traz emocionantes lembranças.
Liminha do AcordeonHá 4 semanas São Paulo SPSaldanha morou aqui no sul do país e quando lá esteve, participou de muitos importantes movimentos culturais e musicais, sempre levando a música maranhense e a MPB para mais longe. Participou de muitos festivais nacionais e importantes. Eu toquei com ele e sei muito bem da qualidade desse músico e compositor de São Luís. Sem nenhuma dúvida ele é de um grupo de músicos de muito sucesso em sua vida profissional junto com Sergio Habibe, Mochel e Ubiratan Souza.
Marcelino (piaui) SantosHá 4 semanas Rosário MAImensa satisfação ver meu amigo saldanha nas páginas dessa maior patrimônio cultural do Brasil. Uma honra ler.
Mostrar mais comentários
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curitiba, PR
Atualizado às 14h02
12°
Chuviscos

Mín. 10° Máx. 13°

11° Sensação
4.12 km/h Vento
76% Umidade do ar
100% (6.97mm) Chance de chuva
Amanhã (16/07)

Mín. 10° Máx. 12°

Tempo nublado
Amanhã (17/07)

Mín. 12° Máx. 20°

Tempo nublado
Ele1 - Criar site de notícias