Sábado, 06 de Março de 2021 01:55
[email protected]
Especiais LITERATURA

A MENINA QUE SONHA VERDE , da escritora e professora mineira Fátima Sampaio

O tema passa por uma situação inusitada. Uma menina acorda e se vê cinza. Tudo ao seu redor, sem cor e sem vida

20/01/2021 11h56 Atualizada há 1 mês
98
Por: Mhario Lincoln Fonte: ML
Capa
Capa

A MENINA QUE SONHA VERDE  - Análise de Mhario Lincoln 

 

A MENINA QUE SONHA VERDE, de minha querida amiga Fátima Sampaio, poeta e escritora mineira, a quem conheci e logo me afeiçoei por sua obra impecável, narra neste livro infantil, uma estória por demais interessante.

Um trabalho que também vem assinado por Jackson Abacatu, com ilustrações belas, feita por esse artista, sob os olhos de Fátima, filosofa, professora, educadora ambiental, mas antes de tudo, dona de uma alma invejável. Integra várias Academias e é Embaixadora Universal da Paz (minha confreira no Círculo Universal de Embaixadores da Paz, com sede em Suisse/France).

O tema passa por uma situação inusitada. Uma menina acorda e se vê cinza. Tudo ao seu redor, sem cor e sem vida. Aí, como 'insight' psicográfico, algo tipo ‘um caos’, de repente, findando sonhos, alegrias e futuro. Porém, “o cinza era só um sonho... e o verde...Ah! O verde é que era vida...”.

Na verdade, há um sentido de ponto e contraponto literário – ambos num mesmo patamar, mas com sensibilidades diferentes, numa perspectiva de crítica literária de cunho sócio-pedagógico, com visíveis nuances entre relações humanas e literatura, dentro de um contexto quase infantil.

Este tipo de literatura, mesmo impúbere, mas preocupada com a sócio-pedagogia, retrata uma postura muito positiva da autora diante da inquietude do Estado e do ‘status quo’ reinante no ensino e na seriedade ecológica das escolas básicas do Brasil, onde há literal necessidade de vivenciar, desde cedo, essa problemática, elevando o nível de discussão desde a base.

Por isso, vale aqui minha ratificação emocional a este trabalho, deixando de ser apenas, uma historinha infantil entre o impacto do cinza e o renascimento do verde.

Parabéns Fátima Sampaio.

Mhario Lincoln

Presidente da Academia Poética Brasileira

------------------

Ainda sobre a obra:

“A menina que sonha verde” , de Fátima Sampaio é um sucesso de crítica

É assim que a personagem principal do livro “A menina que sonha verde” nos conduz para reflexões e questionamentos sobre a questão ambiental, um assunto tão atual e importante!

“A menina que sonha verde” é um livro de autoria da Agente Ambiental, Filósofa e Poeta, Fátima Sampaio. Indicado para crianças em fase inicial do período de alfabetização, nele podemos desfrutar de uma pequena história que traz à tona um tema envolvente: a educação ambiental. O livro foi lançado em 19 de dezembro de 2018, na Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães, da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais.

Ficou interessado? Entre em contato com a Fátima (@fatimasampaio3) E aí, vamos sonhar verde. Nossa Casa Comum precisa e agradece! 

 

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curitiba - PR
Atualizado às 01h42 - Fonte: Climatempo
17°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 25°

17° Sensação
4 km/h Vento
100% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (07/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 23°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Segunda (08/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias