Quarta, 26 de Janeiro de 2022
24°

Nuvens esparsas

Curitiba - PR

Cultura Santa Catarina

Balanço 2021: Fundação Catarinense de Cultura fecha ano com quatro editais lançados e retorno de atendimentos presenciais

Entre as medidas que fazem parte da iniciativa estão os três editais lançados. Somados, o Prêmio Elisabete Anderle, o Catarinense de Cinema e o Edi...

01/01/2022 às 22h18
Por: Mhario Lincoln Fonte: Secom Santa Catarina
Compartilhe:
Sarau Literomusical homenageou Anita Garibaldi no Museu Histórico - Foto: Carolina Rios / Arquivo / FCC
Sarau Literomusical homenageou Anita Garibaldi no Museu Histórico - Foto: Carolina Rios / Arquivo / FCC

Entre as medidas que fazem parte da iniciativa estão os três editais lançados. Somados, o Prêmio Elisabete Anderle, o Catarinense de Cinema e o Edital Lei Aldir Blanc SC foram responsáveis por injetar R$ 38 milhões na economia criativa.

Ainda no âmbito do pacote SC Mais Cultura, a FCC lançou também o edital para o Programa de Integração e Descentralização da Cultura (IDC), que recebeu credenciamento de 163 grupos artísticos, dos quais 60 serão selecionados para integrar o projeto. A ideia é proporcionar a circulação da cultura por meio de circuitos com eventos gratuitos para a população.

Além disso, a FCC deu início às visitas para análise dos espaços fornecidos pelas prefeituras locais para receber o recurso dos Centros de Desenvolvimento Cultural (CDC). O objetivo da iniciativa é descentralizar ações do setor, viabilizando recursos para compra de equipamentos de som, luz e tratamento acústico, a fim de implementar centros nos municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de Santa Catarina.

Novidades aguardadas

No último mês do ano, a FCC lançou o 11º Salão Nacional Victor Meirelles, rompendo com uma pausa de 13 anos desde a última edição deste que, historicamente, é um dos principais prêmios de arte contemporânea do Brasil. As inscrições seguem abertas até 20 de janeiro de 2022 e, além de premiar os artistas selecionados com 25 prêmios no valor de R$ 7 mil cada e mais dois de R$ 20 mil pela aquisição das obras, ainda vai dar origem a uma exposição no Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), na qual toda a população poderá ter acesso gratuito aos trabalhos escolhidos.

Outra iniciativa bastante aguardada pelo setor cultural e que teve seu início neste ano, o Programa de Incentivo à Cultura (PIC), também conhecido como lei estadual de mecenato, teve plataforma online lançada em setembro para inscrição de projetos. Até o momento, já foram apresentadas mais de 200 propostas das mais diversas áreas culturais. O Programa, considerado o maior investimento no meio cultural já realizado no estado, disponibilizará mais de R$ 75 milhões por ano ao setor, viabilizados pela dedução do ICMS. Os valores dos projetos são limitados ao teto de R$ 150 mil para pessoa física e R$ 1,2 milhão para pessoa jurídica.

Bicentenário de Anita Garibaldi

Balanço 2021: Fundação Catarinense de Cultura fecha ano com quatro editais lançados e retorno de atendimentos presenciais
Foto: Márcio Henrique Martins / FCC

Uma das propostas de maior alcance foi a exposição 200 anos de Anita Garibaldi: vida, coragem e paixão, em cartaz no Museu Histórico de Santa Catarina, localizado no Palácio Cruz e Sousa, em Florianópolis. Além do espaço expositivo que já recebeu mais de 6 mil visitantes, o conteúdo da mostra está disponível na internet em áudio e vídeo, e já teve mais de 5 mil visualizações.

Bolshoi e Unidos da Coloninha: parceria viabilizada

A FCC teve papel fundamental na intermediação da parceria firmada entre a Escola do Balé Bolshoi e a Escola de Samba Unidos da Coloninha, em Florianópolis. A iniciativa visa promover um curso online de seis meses e uma seletiva para que crianças com idades de 9 a 11 anos da comunidade, localizada na região continental da Capital, possam estudar por oito anos em Joinville, na única escola do tradicional balé fora da Rússia. O projeto é uma contrapartida social acertada entre FCC e a Escola do Balé Bolshoi devido aos recursos recebidos pela instituição do Norte do estado, no valor R$ de 3,6 milhões.

Repasses como estes foram feitos ainda a outras importantes entidades, cuja atuação é de indiscutível importância para o desenvolvimento da cultura catarinense, como a Associação Cultural Cinemateca Catarinense, o Instituto Festival de Dança de Joinville e o Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina. No total, foram R$ 5,6 milhões repassados pela FCC em verbas mediante convênios, termos de colaboração e de fomento.

Retomada de atividades presenciais

Balanço 2021: Fundação Catarinense de Cultura fecha ano com quatro editais lançados e retorno de atendimentos presenciais
Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom 

Até o momento, foram retomadas as atividades presenciais em espaços como a Biblioteca Pública de Santa Catarina (mediante agendamento prévio); Galeria do Artesanato; Museu Histórico de Santa Catarina; Teatro Governador Pedro Ivo; e o Centro Integrado de Cultura e seus equipamentos, como o Museu de Arte de Santa Catarina, Escolinha de Arte, Oficinas de Arte, Teatro Ademir Rosa, Cinema Gilberto Gerlach, Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina e Salas Lindolf Bell; e ainda no Museu Etnográfico Casa dos Açores, localizado em Biguaçu.

Balanço 2021: Fundação Catarinense de Cultura fecha ano com quatro editais lançados e retorno de atendimentos presenciais
Foto: Cristiano Estrela / Secom 

Os poucos espaços que ainda não reabriram ao público estão passando por obras de melhorias nos próximos meses, como o Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), em Florianópolis; a Casa de Campo do Governador Hercílio Luz, em Rancho Queimado.

Já oMuseu Nacional do Mar - Embarcações Brasileiras, em São Francisco do Sul, retornou às atividades no dia 29 de dezembro. Ele está sendo preparado  para a maior revitalização de sua história desde a inauguração em 1993. Serão investidos R$ 20 milhões para a reforma geral do espaço, com licitação já em andamento, seguindo os ritos administrativos. Enquanto isso, fica em funcionamento durante a temporada de Verão, quando recebe o maior número de visitantes todo ano, e voltando a fechar para o restante das obras obras ao final dela.

Prêmio nacional reconhece ação virtual da FCC

Balanço 2021: Fundação Catarinense de Cultura fecha ano com quatro editais lançados e retorno de atendimentos presenciais
Foto: Reprodução/Secom Santa Catarina

A ação contemplada consiste em uma série de vídeos dirigida a profissionais que atuam em instituições públicas ou privadas que possuem acervos. A proposta da FCC foi ganhadora na categoria Ações de excelência na preservação e salvaguarda do Patrimônio Cultural adaptadas ao contexto da pandemia.

O conteúdo das videoaulas foi criado pelo Ateliê de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Atecor) e o processo de edição foi realizado pela Assessoria de Comunicação da FCC. O material foi produzido durante o período de isolamento social, com o intuito de oferecer capacitação ao público interessado de forma virtual e gratuita. Os vídeos estão disponíveisno canal da Fundação no YouTube.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias