Sábado, 24 de Outubro de 2020 23:51
[email protected]
Geral LITERATURA

Convidada especial: Joema Carvalho

Texto: "Uma Manhã de Terça-Feira".

12/10/2020 09h56
167
Por: Mhario Lincoln Fonte: Joema Carvalho
Joema Carvalho
Joema Carvalho
Ilustração original do texto.

UMA MANHÃ DE TERÇA FEIRA

Joema Carvalho

 

- Tenha um bom dia!!!! Que esse dia seja lindo como seu sorriso.

Ela leu a mensagem. Ficou feliz. Que delícia acordar com um bom dia tão agradável. Respondeu:

- Obrigada! Para você também.

- Gosto do seu sorriso.

Outro mimo pela manhã. Então olhou o perfil da gentileza em forma de humano. Viu postagens interessantes de um homem quase interessante. Afora detalhes que, talvez não precisaria ter visto.

Respondeu, enquanto se arrumava para sair:

- Obrigada!

Ele fez a pergunta clássica:

- Você é casada?

Depois de algum tempo, continuou:

- Não quer falar, né? Ok!

As vezes ela respondia sim, as vezes não. Dependia do dia da semana, período do dia, do mês e do grau de interesse. Nesta terça, pela manhã, respondeu:

- Estou tomando café para ir trabalhar. Não sou casada.

- Passe o seu celular.

- Quem é você? É de onde?

Então, veio a resposta:

- Sou alguém que gostou do seu sorriso, nada mais. E gostaria de conhecer você de perto. Mas eu te entendo se não quiser passar, tudo bem.

- Conversamos um pouco mais por aqui.

- Faz assim, desculpa, pedi teu número ok, não precisa passar. Eu me deixei levar pela vontade de ter algo sério com você que fosse além de uma admiração física!!! Mas, vi que não vamos combinar então. Fica aqui meu pedido de desculpa. Tenha um ótimo dia.

Quem é você? Uma pergunta feita para alguém que nunca havia visto. Para ela, um ponto de partida. Não pareceu um questionamento de um tribunal de um júri, onde o outro fosse réu.

Será que ela havia solicitado o molho de chaves de um Barba Azul? Ele queria algo tão sério que não fora possível responder perguntas básicas? Uma mulher sempre quer algo sério? Além de uma admiração física? Retórica infalível? Mulheres sempre são seres enfeitiçados por poção de Oberon, vulneráveis a paixão por asnos? Sonho de uma manhã de verão na correria de um dia de semana.

A interpretação de texto venceu a bica das lindas nascentes, onde borboletas fazem revoados contínuos, durante o seu único dia de vida. Característica da espécie. Botam ovos, de onde nascem lagartas.

Rede sociais, um mundo virtual. Encontros profundos, onde um sorriso descreve todas as bruxas e fadas, anjos e demônios.

Lembrou de Millôr e Fernando Verissimo. Comédias de nossos dias privados. Passou batom. Saiu para o trabalho.

5 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias